Fãs processam Usher por exposição a DST em sexo sem proteção


© Divulgação


Três fãs resolveram procurar a Justiça dos Estados Unidos para processar Usher por exposição a uma DST – doença sexualmente transmissível. As pessoas – duas mulheres e um homem – acusam o cantor de tê-las deixado vulneráveis ao herpes.





VOCÊ VIU? Protagonista de “Malhação” causa atraso e dá ‘piti’ na Globo

Ivete Sangalo congela óvulos para ter mais um filho

Rodrigo Alvarez é ‘cortado’ ao vivo por Monalisa Perrone

Após temporada na Record, Carla Diaz volta à Globo

“Ele nunca me informou sobre qualquer doença sexualmente transmissível”, garantiu Quantasia Sharpton – uma das reclamantes – ao jornal “Los Angeles Times”.

Lisa Bloom, advogada das possíveis vítimas, destacou: “Se ele tem a doença é preciso que avise aos seus parceiros sexuais para que eles possam fazer suas decisões conscientes”.

A representante ainda disse que quer que o músico se pronuncie publicamente para informar se possui ou não a doença. Já os assessores legais do artista não se manifestaram acerca da acusações até o momento.



Vale lembrar que recentemente Usher teria desembolsado uma quantia milionária para manter uma ex-namorada calada. A jovem – cujo nome não foi revelado – teria recebido nada menos que US$ 1,1 milhão (em torno de R$ 3,46 milhões) para não revelar que pegou herpes do cantor.



De acordo com o “RadarOnline”, o músico foi diagnosticado com a enfermidade entre 2009 e 2010 e negou à então parceira que tivesse qualquer doença.