Feras da MPB comandam emotiva homenagem a Cássia Eller no Rock in Rio


© Márcio Cassol/ Famosidades


O primeiro dia do Rock in Rio teve instantes de emoção e saudosismo no Palco Sunset, na noite desta sexta-feira (18), com a homenagem à cantora Cássia Eller. Um time de primeira da música brasileira foi escalado para reverenciar a popular artista morta há 14 anos.





A apresentação contou com a participação de nomes como Nando Reis, Arnaldo Antunes, Zélia Duncan, Mart’nália, Emanuelle Araújo, Xis, Filipe Catto, Tacy de Campos, entre outros. Durante todo o show, fotos de Cássia Eller em cenas cotidianas da vida foram reproduzidas no telão do palco.

Coube a Chicão, filho da cantora, a ajudar o diretor artístico Zé Ricardo na montagem do roteiro do show, com direito a convites a músicos da banda original de Cássia. Estavam lá, entre outros, a percussionista Lan Lan.

Zélia Duncan e Mart’nália abriram a homenagem com “Brasil”, composição de Cazuza que tinha em Cássia Eller uma intérprete poderosa. A dupla mostrou entrosamento e animou os fãs logo de cara.



Duncan seguiu com microfone em punho para cantar outro clássico do cultuado repertório da homenageada, “Malandragem”. Tudo com a ajuda empolgada do público que se concentrava na frente do Palco Sunset. Arnaldo Antunes, Emanuelle Araújo e Filipe Catto entraram em ação em seguida, com “Partido Alto”.



“Relicário” marcou a entrada de Nando Reis no palco. Grande amigo de Cássia Eller, o ex-integrante do Titãs conferiu carga emocional à homenagem no Rock in Rio. Em seguida, mais um hit da artista reverenciada, com “Segundo Sol”.

Um momento especial da homenagem aconteceu com a entrada em cena de Tacy de Campos, responsável por interpretar a cantora em “Cássia Eller, o Musical”. Trejeitos, cabelos, bandana e a voz da jovem fizeram o público se lembrar com clareza da homenageada da noite. Com “Por Enquanto”, composição de Renato Russo, a atriz provocou o momento de mais emoção na apresentação.

A Nação Zumbi levou a homenagem mais perto do rock com “Quando a Maré Encher”, em parceria com Fabão. Depois, já perto do fim, Tacy de Campos mandou seus gritos com “Smells Like Teen Spirit”, música do Nirvana que Cássia adorava incluir no repertório de shows, botando tudo para fora. Na interpretação, ela reproduziu um gesto de Eller em show histórico de 2001, levantando a camiseta para mostrar os seios.

Em mais um momento tocante para os fãs de Cássia Eller, Nando Reis fechou a homenagem no Rock in Rio com a intimista “All Star”, contando com o público como segunda voz. Em cima do palco e na plateia, muita gente com lágrimas nos olhos.

Homenageada da noite, Cássia Eller tem a sua história particular no Rock in Rio. Ela se apresentou na terceira edição do festival, em janeiro de 2001. A cantora morreu naquele mesmo ano, aos 39 anos, vítima de um infarto.