Filho posa com Arlindo Cruz: “Ainda preciso de colo, pai”


© Instagram

Arlindinho compartilhou um clique comovente no Instagram, na última quarta-feira (24). O jovem apareceu ao lado de Arlindo Cruz e fez uma declaração ao pai que está debilitado.

VOCÊ VIU? Jornalista perde vaga na Globo após filha ganhar cargo no governo

Amiga revela como Yasmin Gabrielle teria tirado a própria vida

Após pai entregar suposto namoro, filho de Faustão janta com Sophia Raia

Pato e Rebeca Abravanel se batizam em igreja evangélica de SP

“Eu ainda preciso disso, colo de pai. Existem coisas que só você pode me dar”, escreveu na legenda da imagem.

E continuou: “Obrigado por me deixar mais seguro e me transmitir essa energia única”

Os seguidores não pouparam comentários à postagem. “Forças, guerreiro!”, disse um. “Lendário”, comentou outro. “Um ídolo do samba”, ressaltou o terceiro.

Arlindo Cruz sofreu um acidente vascular cerebral em 2017. Ele passou quase dois anos internado e agora se recupera em sua casa, no Rio de Janeiro.

  • © Divulgação

    Arlindo Cruz é um premiado cantor de samba e pagode. Em março de 2017, o artista foi internado no Rio de Janeiro após sofrer um AVC (Acidente Vascular Cerebral). Mais de um ano depois, em julho de 2018, deixou o hospital para dar continuidade ao tratamento em casa

  • © Divulgação

    Arlindo Cruz é um premiado cantor de samba e pagode. Em março de 2017, o artista foi internado no Rio de Janeiro após sofrer um AVC (Acidente Vascular Cerebral). Mais de um ano depois, em julho de 2018, deixou o hospital para dar continuidade ao tratamento em casa

  • © Divulgação

    Arlindo Cruz é um premiado cantor de samba e pagode. Em março de 2017, o artista foi internado no Rio de Janeiro após sofrer um AVC (Acidente Vascular Cerebral). Mais de um ano depois, em julho de 2018, deixou o hospital para dar continuidade ao tratamento em casa

  • © Divulgação

    Arlindo Cruz é um premiado cantor de samba e pagode. Em março de 2017, o artista foi internado no Rio de Janeiro após sofrer um AVC (Acidente Vascular Cerebral). Mais de um ano depois, em julho de 2018, deixou o hospital para dar continuidade ao tratamento em casa

  • © Divulgação

    Arlindo Cruz é um premiado cantor de samba e pagode. Em março de 2017, o artista foi internado no Rio de Janeiro após sofrer um AVC (Acidente Vascular Cerebral). Mais de um ano depois, em julho de 2018, deixou o hospital para dar continuidade ao tratamento em casa

  • © Divulgação

    Arlindo Cruz é um premiado cantor de samba e pagode. Em março de 2017, o artista foi internado no Rio de Janeiro após sofrer um AVC (Acidente Vascular Cerebral). Mais de um ano depois, em julho de 2018, deixou o hospital para dar continuidade ao tratamento em casa

  • © Divulgação

    Arlindo Cruz é um premiado cantor de samba e pagode. Em março de 2017, o artista foi internado no Rio de Janeiro após sofrer um AVC (Acidente Vascular Cerebral). Mais de um ano depois, em julho de 2018, deixou o hospital para dar continuidade ao tratamento em casa

  • © Divulgação

    Arlindo Cruz é um premiado cantor de samba e pagode. Em março de 2017, o artista foi internado no Rio de Janeiro após sofrer um AVC (Acidente Vascular Cerebral). Mais de um ano depois, em julho de 2018, deixou o hospital para dar continuidade ao tratamento em casa

  • © Divulgação

    Arlindo Cruz é um premiado cantor de samba e pagode. Em março de 2017, o artista foi internado no Rio de Janeiro após sofrer um AVC (Acidente Vascular Cerebral). Mais de um ano depois, em julho de 2018, deixou o hospital para dar continuidade ao tratamento em casa

  • © Divulgação

    Arlindo Cruz é um premiado cantor de samba e pagode. Em março de 2017, o artista foi internado no Rio de Janeiro após sofrer um AVC (Acidente Vascular Cerebral). Mais de um ano depois, em julho de 2018, deixou o hospital para dar continuidade ao tratamento em casa

  • © Divulgação

    Arlindo Cruz é um premiado cantor de samba e pagode. Em março de 2017, o artista foi internado no Rio de Janeiro após sofrer um AVC (Acidente Vascular Cerebral). Mais de um ano depois, em julho de 2018, deixou o hospital para dar continuidade ao tratamento em casa