Halestorm faz hard rock com um pé no pop e agrada público no Rock in Rio


© Márcio Cassol/ Famosidades


Um hard rock em família subiu ao Palco Sunset nesta quinta-feira (24), quarto dia do Rock in Rio 2015. Liderado pelos irmãos Hale, o Halestorm animou o público brasileiro com um som pesado, mas com feições de música pop.

Quem confere uma pitada de pop ao Halestorm é a voz potente de Lzzy Hale, que se molda à pegada hard rock do resto da banda. Cheia de atitude, a bela americana se apresentou junto com o irmão Arejay, baterista do grupo – que em sua formação original também contava com o pai deles, no baixo.

Junto com Joe Hottinger na guitarra e Josh Smith no baixo, os irmãos Hale fizeram uma apresentação segura e linear, na segunda passagem do Halestorm por palcos brasileiros. Em 2013, a banda já havia se exibido para os fãs de São Paulo.

Diante do público do Rock in Rio nesta quinta-feira, o Halestorm misturou material de seu mais recente trabalho, “Into the Wild Life”, com músicas mais conhecidas de álbuns anteriores. Enfrentando um calor escaldante, a banda começou a apresentação com “Love Bites (So Do I)”.

Lzzy logo mostrou que não estava de brincadeira com “It’s Not You”, segurando no gogó uma música intensa, exigente para qualquer vocalista, também com bons solos de guitarra. No meio da canção, a americana pediu para o público vir junto ela: “Grite para mim, Rio”.

Mais adiante “Amen”, uma das preferidas dos seguidores do Halestorm, apareceu no repertório. Lzzy seguiu incansável com berros afinados dentro da escolha da banda para a apresentação no Rio de Janeiro. Enquanto isso, seu irmão Arejay mostrava ser um baterista de primeira, com o mesmo pique da “mana” mais velha.

Depois Lzzy disse que era uma honra estar pela primeira vez “no maior festival do mundo” e, antes de cantar “Scream”, novamente orientou a galera: “Quando eu disser grite, vocês gritam, combinado?”. Ao conseguir mexer com a massa, a bela sorriu agradecida de volta para os fãs.

“I Am The Fire” manteve o ritmo em alta. Depois a turma dos irmãos Hale mandou “I Like It Heavy” para o público e viu na frente da grade um fã com um cartaz que reproduzia o nome da música: “Eu gosto disso pesado, Lzzy”.

Arejay depois chamou a responsabilidade para si e fez um caprichado solo de bateria, para que sua irmã desse uma breve descansada na voz. Lzzy então voltou para frente da banda e encarou o trecho final da apresentação com a mesma disposição. A voz que soa às vezes como a de uma cantora pop conquistou o público do Palco Sunset.

E a penúltima música foi a escolha mais pop do repertório, “Here’s To Us”, com aquela cara de hino de rádio FM. Finalmente os últimos gritos da bela vieram com “I Miss the Misery”.



Close sidebar