Integrante do Cidade Negra é condenado por agredir esposa


© Facebook


Acusado de agredir Marcele Simeão durante os 17 anos de casamento, Bino Farias foi condenado no fim de maio a dois anos de serviços comunitários pelo Juizado de Violência Doméstica Familiar Contra a Mulher da Comarca de Niterói, Rio de Janeiro.





VOCÊ VIU? Ticiane Pinheiro leva fora de César Tralli: “Broxante”

MC Soffia dá resposta ‘lacradora’ a Ana Furtado ao vivo

Thiago Rodrigues nega barraco com ex na em prédio da Globo

Joelma é flagrada com novo namorado nos bastidores de show

O baixista do grupo Cidade Negra deverá cumprir sete horas semanais de atividades, além de comparecer mensalmente ao Juizado. No segundo ano, ele deverá se apresentar ao juiz a cada dois meses, segundo o jornal “O Dia”.

“Em dois anos de processo, nenhum recurso foi admitido. A maior dificuldade que a Lei Maria da Penha ainda encontra é na hora do registro de ocorrência e muitas vezes exige a presença de um advogado”, disse a advogada de Marcele, Ana Bernadete, à publicação.

Já a autora do processo acredita que possa ser exemplo para muitas outras mulheres: “Foram 17 anos de agressões físicas, psicológicas e patrimoniais. Eu espero que o meu depoimento possa auxiliar principalmente na prevenção de casos como o meu”.