Marília Mendonça nega sofrência após rompimento: “Livre”


  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Divulgação/TV Globo
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Facebook
  • © Divulgação
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © YouTube


Se enganou quem pensou que Marília Mendonça está na sofrência desde o rompimento do noivado com Yugnir Ângelo, há cerca de dez dias. A cantora garantiu que não está abalada com a separação.





VOCÊ VIU? Jornal da Globo troca sobrenome de repórter por palavrão

STF rejeita queixa de Alexandre Frota contra Jean Wyllys

Carol Nakamura é flagrada em clima de romance com cantor

Datena renova com a Band e causa revolta nos bastidores

“Sofrência sempre vai existir. Sempre falo com a galera que, com ou sem alguém, eu vou cantar sofrência. Sofrência é a realidade das pessoas. Não estou sofrendo agora. Estou num momento de paz, muito mais tranquilo, não que ele (Yugnir Ângelo) me atrapalhasse. Estou me sentindo mais livre, mais solta, mais feliz”, disse ao jornal “Extra”.

Apesar de ser bem resolvida quando a sua vida pessoal, a sertaneja admitiu que tem seus momentos de solidão.

“A gente se acostuma a estar perto de alguém toda hora. Como o Yugnir andava muito comigo, é difícil se acostumar com a solidão. Eu estava em casa, parada, e pensei o que poderia fazer. Estava de folga. Peguei meu fone de ouvido e saí. Queria ficar sozinha, ouvir música e espairecer. Minha mãe veio atrás de mim, assustada, dizendo que nunca tinha me visto saindo para correr”, lembrou aos risos.



Marília esclareceu também que não pretende abandonar o gênero que a tornou um fenômeno nacional por causa do fim do namoro.



“Gente, não pensem que minha musicalidade depende do meu relacionamento. Porque, se depender, Marília Mendonça vai cantar funk agora. A gente só anda escutando funk por onde a gente vai, muito feliz, numa vibe muito legal”, completou.