Menos é Mais leva troféu do Prêmio Multishow 2020


© I Hate Flash


A noite de ontem foi de festa para o pagode brasileiro. O segmento despontou e se destacou em 2020 com os novos e, também, os já conhecidos nomes, ganhando cada vez mais força no mercado da música nacional. O grupo Menos é Mais, revelação do segmento neste ano, levou para casa o troféu do Prêmio Multishow na categoria ‘Experimente’.





VOCÊ VIU? Carlinhos Maia mostra viagem de luxo com Lucas Guimarães

Bruno Cabrerizo estará na próxima novela das 19h da Globo

Netflix confirma segunda temporada de “Emily em Paris”

Confira os melhores bordões de “A Força do Querer”

Os indicados em cada categoria são escolhidos por um júri formado por profissionais ligados ao mercado da música, da chamada ‘Academia Prêmio Multishow’, e os vencedores são escolhidos através de votação popular. A tradicional cerimônia de premiação aconteceu nesta quarta-feira (11), na cidade do Rio de Janeiro.

O grupo Menos é Mais fez sua estreia entre os indicados com o pé direito e levou o troféu para Brasília. Concorrendo com diversos artistas que estão de destacando na música, os pagodeiros levaram a melhor e reforçam o que muitos já sabiam: eles vieram para ficar. Com apenas 4 anos de formação, Menos é Mais é atualmente uma das maiores revelações da musicais de 2020. O grupo ganhou popularidade devido aos seus expressivos números no digital e em audiência em lives durante a quarentena. Com o sucesso na Internet, o Menos é Mais entrou para o mesmo escritório de Mumuzinho e Dilsinho, a GH Music, assinou com a Som Livre e prepara para lançar seu primeiro álbum com músicas inéditas.

Neste ano, Dilsinho foi uma das atrações musicais principais da cerimônia, e transformou sua apresentação em um grande espetáculo. Acompanhado de banda e com direito a trio de metais, cantou seus grandes sucessos Misturados, Onze e Pouquinho, Sogra e Deixa pra Amanhã, todos do atual projeto audiovisual ‘Open House’, o divisor de águas na carreira do cantor.