Morre Dona Ivone Lara, aos 97 anos, no Rio de Janeiro


© Divulgação/TV Globo


Morreu Dona Ivone Lara, aos 97 anos, na última segunda-feira (16), no Rio de Janeiro. A cantora não resistiu por conta de um quadro de insuficiência cardiorrespiratória.

VOCÊ VIU? Zezé di Camargo é ‘zoado’ após noiva postar foto do bumbum

Após acidente, Sabrina Sato aparece com perna imobilizada

“BBB”: Kaysar desabafa sobre namorada que perdeu na guerra

De maiô, Fátima Bernardes mostra bastidores de ensaio; veja!

“Ela estava sempre procurando um caderninho para escrever uma música, estava sempre cantarolando para o neto. Até a última semana ela estava super bem, com a cabeça ótima. Ela estava muito fraquinha, mas a cabeça estava ótima”, contou a nora Eliana Lara Martins da Costa ao jornal “ G1”.

Seu corpo será velado, nesta terça-feira (17), na quadra da Escola de Samba Império Serrano.

A sambista precisou receber doações de sangue após ser internada, na última sexta-feira (13), no Centro de Tratamento e Terapia Intensiva (CTI) da Coordenação de Emergência Regional (CER), no Leblon, na zona sul do Rio de Janeiro.

Conhecida como a “Grande Dama do Samba”, Ivone nasceu em família de amantes da música popular e enfrentou o preconceito por ingressas no estilo musical.

Dona de grades sucessos, entre eles “Sonho Meu” – música que estourou nas paradas de sucesso com Maria Bethânia e Gal Costa – a artista também emprestava sua voz a ranchos carnavalescos tradicionais do Rio, como o Flor do Abacate e o Ameno Resedá.



Close sidebar