Muito carisma! OneRepublic emociona público no Palco Mundo do Rock in Rio


  • © Márcio Cassol/ Famosidades
  • © Márcio Cassol/ Famosidades
  • © Márcio Cassol/ Famosidades
  • © Márcio Cassol/ Famosidades
  • © Márcio Cassol/ Famosidades
  • © Márcio Cassol/ Famosidades
  • © Márcio Cassol/ Famosidades
  • © Márcio Cassol/ Famosidades
  • © Márcio Cassol/ Famosidades
  • © Márcio Cassol/ Famosidades
  • © Márcio Cassol/ Famosidades
  • © Márcio Cassol/ Famosidades


Com 13 anos de estrada, o OneRepublic entrou em cena no Palco Mundo na noite desta sexta-feira (18) com uma missão ingrata: manter a animação do público que, em peso, aguardava o Queen.

O grupo norte-americano é liderado pelo vocalista Ryan Tedder, que ficou conhecido não só por compor os trabalhos da própria banda, mas também por escrever canções para outros artistas pelo mundo. Uma das músicas mais famosas, “Halo”, cantada por Beyoncé, foi escrita pelo loiro.

O cantor, inclusive, comentou a diferença entre criar para o OneRepublic e compor para outros músicos. “É bem diferente. Eu poderia dizer que quando componho para o Onerepublic e mais dificil do que para outros artistas”, disse em entrevista ao Multishow.

Como os fãs esperavam, os grandes hits do grupo foram apresentados durante o show dos norte-americanos. Logo no início, a canção “Secrets” ganhou passagem, mas não antes de os fãs ganharem um “obrigado” de Ryan, que se mostrou muito carismático durante todo o tempo.

Um dos momentos mais legais aconteceu durante a performance de “Something I Need”, quando em determinado momento, Ryan pegou uma câmera e caminhou pelo palco filmando os fãs e as imagens aparecendo no telão, atrás da banda.

Quando chegou a vez de “Apologize” o público foi ao delírio. Não era para menos. Ryan conduziu muito bem a introdução e, de forma emocionante, executou a canção com muita qualidade. Fugindo um pouco do repertório, puxou na sequência “Stay With Me”, grande sucesso do britânico Sam Smith – que vai cantar no próximo dia 26.

Voltando aos trabalhos próprios, “Good Life” entrou na sequência. Enquanto Tedder cantava, uma bandeira do Brasil apareceu no telão, animando ainda mais a plateia. Mas a introdução foi o ponto desta música. Com um violão acústico, Zach Filkins, dedilhando, esbanjou técnica.

Logo depois, em “Counting Stars”, outra canção considerada uma das principais do OneRepublic, Ryan retribuiu todo o apoio dos fãs e foi para a galera. Para o desespero, claro, dos seguranças, que precisaram mostrar que estavam em boa forma física para que conseguissem acompanhar o rapaz.

Na sequência veio ainda “Feel Again”, “I Lived” – com mais interação entre o vocalista e o público -, para depois mais um cover. A escolhida da vez foi a renomada “Seven Nation Army”, do The White Stripes. Voltando para o setlist, o grupo tocou “Love Runs Out”.

Para fechar a apresentação, “If I Lose Myself” foi a canção responsável pelo encerramento do terceiro show do palco principal da noite.

Vale lembrar que o grupo ainda fará mais um show em terras brasileiras. Neste domingo (20), os rapazes farão um show em São Paulo, no Espaço das Américas. Ao menos até aqui, depois desse show no Rio de Janeiro, o público paulista sabe que provavelmente não irá se arrepender.



Close sidebar