Por causa da violência, Gilberto Gil não canta Aquele Abraço


© Instagram

Gilberto Gil e a filha, Preta Gil, se apresentaram aos pés do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, na noite da última quarta-feira (27), e deixaram o público sentindo falta de “Aquele Abraço” (1969).

VOCÊ VIU? Leonardo dá declaração polêmica e deixa Faustão sem graça

Xuxa constrange Lexa ao expor momento íntimo com bailarino

Namorada diz ter sido proibida de visitar Marcelo Rezende

Após ser baleado, apresentador esboça melhora no hospital

A cantora explicou que eles receberam o roteiro do show e notaram que a canção não estava no setlist. E os artistas não questionaram a decisão, já que a Cidade Maravilhosa passa por um momento de grande tensão.

“Nem insistimos. Com a cidade do jeito que está, não temos clima para cantar essa música”, explicou a famosa ao jornal “O Globo”.

O veterano, por sua vez, contou o que tem feito para tentar se esquivar de tanta violência: “Rezo o tempo todo, canto rezando, viajo rezando. É o ato complementar de todos os momentos de minha vida”.