Rapper é condenado à prisão por tentar levar arma e drogas em avião


© Instagram


A Justiça dos Estados Unidos condenou, na última quarta-feira (19), Juelz Santana a 2 anos e 3 meses de prisão. O rapper foi acusado de tentar embarcar em um voo com drogas e uma arma carregada.





VOCÊ VIU?  Ratinho debocha de Pabllo e Thammy: “Como regular um país desse?”

Aos 61 anos, morre a compositora de Roberto Carlos

Fiuk é flagrado em clima de romance com repórter do “Domingão”

Equipe de Simone & Simaria desmente rumores de fim da dupla

De acordo com o “TMZ”, em março as autoridades do Aeroporto Newark Liberty International, em Nova York, nos Estados Unidos,  encontraram na bagagem do cantor uma arma calibre 38 com munição. Na mala ainda estavam oito comprimidos de oxicodona (um derivado da morfina), transportados sem receita médica.

Esta, vale destacar, não foi a primeira vez que o artista foi parar atrás das grades. Em 2011, o músico foi pego com 17 sacos de maconha, duas armas carregadas.

O juiz que determinou o caso declarou Santana “culpado pela posse ilegal de arma e por posse de substância perigosa controlada”.