Sem lotação máxima da Cidade do Rock, De La Tierra anima no Palco Mundo


© Márcio Cassol/ Famosidades


A banda de metal latina De La Tierra abriu o Palco Mundo, na noite desta sexta-feira (25), na Cidade do Rock. O fato de um dos integrantes ser o guitarrista brasileiro Andreas Kisser, do Sepultura, animou um pouco mais o público, que foi pequeno durante a apresentação.

De qualquer modo, o grupo foi bem recebido pelos fãs de metal, ainda mais com um som bastante pesado e agressivo. As músicas cantadas em espanhol não causaram má impressão. A empolgação dos rapazes em cima do palco foi transferida para o público, que curtiu muito a apresentação.

“Somos Uno” e “Maldita História”, canções que fazem parte do disco que leva o nome do grupo e lançado em 2014, abriram os trabalhos no palco principal. Vale lembrar que a banda foi formada há três anos. Além de Andreas, é composta pelo vocalista argentino Andrés Giménez, o baixista – também do país vizinho – Sr. Flavio e pelo baterista mexicano Alex González, do Maná.

Antes de começar a tocar “San Asesino”, o vocal do grupo agradeceu aos fãs pelo carinho e receptividade da plateia durante toda a apresentação dos rapazes: “O idioma pode ser diferente, mas o respeito que sentimos é o mesmo. Muito obrigado, Brasil”.

Logo depois, para fazer a plateia cantar junto com a banda, Kisser anunciou a “versão De La Tierra”, de “Polícia”, tradicional canção do Titãs, e que marcou época nos anos 1980. Durante a performance da música, rolou até a famosa roda de “bate-cabeça” e coro dos fãs. “Detonar” e “Corran” vieram em seguida.

Já na reta final do show do De La Tierra, com o público gritando o nome da banda latina, os metaleiros tocaram “Chamán de Manaus”, “Señor Matanza”, “Reducidores”, “Fuera” e “Cosmonauta Quechua”, que foram as últimas músicas apresentadas pelo grupo internacional. A última ainda contou com Andrés Giménez descendo até a grade para perto dos fãs.

O som pesado definitivamente agradou ao público, ainda mais com a presença de Andreas Kisser. Apesar de um bom show de metal, talvez não seja, ao menos no momento, uma banda para se apresentar no Palco Mundo. O Sunset estaria de ótimo tamanho. De qualquer modo, no cenário do metal, é uma banda promissora, ainda mais contando com integrantes para lá de experientes no cenário.



Close sidebar