U2 vence processo em acusação de plágio da música “The Fly”


© Divulgação


O processo que acusava U2 de plágio foi encerrado. Na última terça-feira (30), Denise Cote, a juíza do caso, rejeitou a acusação de Paul Rose, que alegava que a banda teria copiado 13 segundos do um instrumental de guitarra de sua música, “Nae Slappin”, e pedia cerca de R$ 15,8 milhões pelo ‘roubo’.

VOCÊ VIU? Abuso no “Big Brother Brasil 18”: Está rolando ou não?

Autor mata personagens de “O Outro Lado” por ordem da Globo

Sem contrato, Emilly devolve duplex alugado e deixa RJ

Modelo de 63 anos surpreende seguidores por aparência jovial

Segundo a agência britânica “Reuters”, a magistrada destacou que o pequeno fragmento de sua autoria não é “suficientemente substancial” para ser protegido e, mesmo se fosse, não seria plausível a condenação.

De acordo com o compositor, a cópia teria sido usada “praticamente nota por nota” na canção “The Fly”, do grupo. Além disso, eles também teriam usado a mesma linha de baixo, bateria e percussão.

Vale destacar que nenhum advogado, de ambas partes, se pronunciaram sobre o resultado.



Close sidebar