Zeca Pagodinho é inocentado em caso de “máfia”: “Perplexo”


© Instagram


Zeca Pagodinho foi inocentado do processo que respondia no caso da chamada ‘máfia dos shows públicos’ e se disse “perplexo”, nesta sexta-feira (4). O cantor foi envolvido na polêmica desde 2008, quando teve um show contratado no Distrito Federal, pago com dinheiro público.

VOCÊ VIU? Criticado, Jacquin pode processar concorrente do SBT

Diversos eventos se tornaram alvos da polícia e a Receita Federal por supostas irregularidades e crimes fiscais. O pagodeiro chegou a ser condenado em 2015, apesar de ter apresentado documentos que comprovavam seu status regular com os órgãos.





“Isso foi implicância com um sambista. Eu nunca fiz nada de errado, mas quem é que vai dar ibope se for acusado de alguma coisa? O Zeca, né?”, reclamou à coluna do jornalista Ricardo Feltrin.

Sobre uma possível nova briga na Justiça, para que danos morais sejam indenizados, o artista não demonstrou interesse. “Vai adiantar fazer alguma coisa? Eu vou receber tudo que gastei com advogados? E os danos à minha história? Vou receber depois que estiver morto? Obrigado, quero viver”, encerrou.