Em “Amor”, Thelma confessa crimes após ser agredida por Lurdes


© Divulgação/TV Globo


Os crimes que Thelma (Adriana Esteves) cometeu em “Amor de Mãe” para impedir Lurdes (Regina Casé) de encontrar seu filho foram chocantes: matou Rita (Mariana Nunes) atropelada e Jane (Isabel Teixeira) asfixiada – esta, aliás, era sua melhor amiga.
No cativeiro, a comerciante já confessou um dos crimes a Lurdes, em tom de ameaça. E agora vai admitir ser a autora do falso suicídio de Jane.





Tudo começa quando Lurdes tem um ataque de fúria contra Thelma e a segura pelos cabelos, prendendo sua cabeça contra a grade.

“Me larga! Eu não estou conseguindo respirar!”, grita Thelma.

“Pois eu quero é que você morra! Sua louca!”, rebate a matriarca.



A comerciante consegue se soltar e começa a esbravejar contra Lurdes e Camila (Jéssica Ellen), dizendo que se não fosse por ela, Rita não teria aparecido em sua vida e descoberto a verdade sobre Domênico.



Na conversa, Thelma ainda joga uma indireta sobre Jane: “Não foi nada planejado. Eu fui lá pra convencer a Rita a aceitar um dinheiro e pegar o rumo dela. Mas não. A diaba queria porque queria te contar. E segredo é uma coisa difícil de guardar. Até para as melhores amigas…”.

É então que Lurdes, apavorada, saca que Jane foi assassinada por Thelma depois de descobrir alguma coisa sobre o segredo:
“Você matou a Jane também, Thelma?? Eu não posso acreditar nisso!”.

Thelma não só confirma como também desabafa com Lurdes sobre como chegou a esse ponto.

Por fim, a comerciante ainda toma uma decisão drástica: vai deixar a ‘amiga’ morrer de fome.