“Seis”: Justina tem crise e se recusa a ir embora com Emília


© Divulgação/TV Globo


A temporada em Itapetininga fez Justina (Julia Stockler) se transformar em outra pessoa. A menina era completamente fechada quando vivia com sua mãe, Emília (Susana Vieira). Mas, ao lado da família de Olga (Maria Eduarda de Carvalho) e Zeca (Eduardo Sterblitch), ela encontrou seu lugar no mundo.





VOCÊ VIU? Apresentadora da Globo aparece aos beijos com namorado

Mamma Bruschetta diz que foi afastada pelo SBT: “Um choque”

Lurdes descobrirá nova pista sobre Domênico em “Amor de Mãe”

Ramon será esfaqueado para salvar Paloma em “Bom Sucesso”

A garota não aparenta sentir nenhuma falta da vida luxuosa que ostentava em São Paulo. O importante para Justina é poder ser livre, brincar com seus primos e exercer seu lado lúdico. Ela é portadora de um distúrbio mental não diagnosticado na época e, por isso, sua mãe sempre tentou lhe esconder de todos.

Assim, quando ela se depara com Emília na casa de Olga e Zeca, se desespera. Aos gritos, diz que não voltará para casa de jeito nenhum. A princípio, a tia de Lola (Gloria Pires) aceita passar uma noite em Itapetininga para ver se a filha se acalma e fica comovida ao ver de perto a sintonia entre Justina e Candoca (Camila Amado).

Mas, no dia seguinte, a menina tem mais uma crise. Quando a mãe diz que está na hora de ir embora, ela recusa, reafirma que não vai voltar para casa, e derruba um vaso de plantas: “Não faça isso! Me respeite! Eu sou sua mãe!”, diz Emília, assustada.



“Você não é minha mãe! Você não é minha mãe!”, repete Justina, aos prantos.