“Espelho”: Daniel descobre que já viveu em Rosa Branca


© TV Globo


Quando Cris Valência (Vitória Strada) chegou a Rosa Branca, ela logo sentiu como se já conhecesse a cidade onde seu noiva, Alain Dutra (João Vicente de Castro), nasceu. Depois de um tempo, ela descobriu que já viveu no lugar, no passado, como Julia Castelo (Vitória Strada).





VOCÊ VIU? Letícia Spiller posta foto rara do namorado 16 anos mais jovem

Atriz espancada pelo ex-marido é obrigada a deixar casa em que vive

Letícia Lima fala pela 1ª vez sobre término com Ana Carolina

Luciana Gimenez comenta fama de interesseira: “Nunca vivi de pensão”

Agora, Daniel (Rafael Cardoso) terá a mesma experiência ao colocar os pés em Rosa Branca. Ao chegar na cidade, ele vai junto com Letícia (Letícia Persiles) passear pelas ruas do lugar e acaba reconhecendo diversas casas e prédios. A terapeuta sugere que eles procurem a casa onde Alain mora, mas o fotógrafo está hipnotizado, sem conseguir pensar em nada, além de Rosa Branca.

Ao passar de carro pelas ruas, ele reconhece a praça onde Danilo (Rafael Cardoso) e Julia costumavam se encontrar: “É a cidade da minha regressão! Tenho certeza absoluta. Eu conheço Rosa Branca, eu já vivi neste lugar!”

Letícia fica feliz ao saber que as terapias de regressão funcionaram com Daniel e que ele realmente teve uma experiência completa. O fotógrafo se anima ao pensar que alguma moça, que seja a reencarnação de Julia possa estar morando na cidade. Letícia o encoraja a pensar dessa maneira e o apoia: “Meu amigo… Se os céus lhe trouxeram até aqui, algum motivo existe. Se a Julia morou realmente aqui, talvez você possa descobrir algo sobre ela.”



Daniel passa então pelo lugar mais especial de Rosa Branca: a casa abandonada da família Castelo. Ele para o carro e observa o lugar. Algo o comove ao olhar aquelas portas e janelas. Ele sai do carro e caminha até o portão. Ele lembra de uma de suas primeiras regressões com Letícia, em que ele conhece um menino, que o chama de pai: “É a casa de meu sonho, Letícia… É aqui que encontrei aquele menino, o meu filho!”