Carlo Porto revela desafios de interpretar Adão em “Gênesis”


© Edu Moraes/Record TV


Carlo Porto fará sua estreia em produções bíblicas da Record TV em “Gênesis”, nova novela da emissora que vai ao ar a partir do dia 19 de janeiro. E o papel não poderia ser mais desafiador: interpretar Adão, o primeiro homem criado por Deus.





VOCÊ VIU? Luccas Neto lança “Luccas Neto em Acampamento de Férias 3”

Léo Santana e Vitão anunciam nova parceria em “Samu”

“Maravilhosa a fase da maturidade”, diz Solange Frazão

“Estressante e exaustivo”, diz Rowan Atkinson sobre Mr. Bean

Carlo revelou que, para dar vida ao personagem, teve primeiro de “desmistificá-lo”. “O maior desafio foi abrir mão de quem eu achava que Adão era e passar a vê-lo como um homem comum. Porque é isso que ele é: alguém como qualquer outro no sentido de que está sujeito às mesmas dificuldades que nós”, disse ele, garantindo que isso “não é uma tarefa fácil”.

“Adão é alguém que a gente conhece desde sempre. Foi o primeiro homem. Sua história toda nós já ouvimos e, talvez, por tudo isso que ele foi, fosse de certa forma difícil entendê-lo como um de nós, sujeito às mesmas qualidades e defeitos, ou melhor, ‘humanidades’.”

Para entender melhor o papel e, então, estar pronto para o trabalho, o artista enfrentou uma preparação intensa, que durou cerca de três meses e contou com “muitas conversas com historiadores e especialistas, leituras e muito trabalho na sala de ensaio”. Mas, segundo Carlo, a estrutura proporcionada pela Record TV fez com que tudo fosse mais fácil. “A Record nos deu tempo e espaço pra fazermos o nosso trabalho, e eu me sinto um privilegiado em poder ter feito uma preparação pra TV com tempo de cinema”, afirmou. “Pudemos mergulhar a fundo para levar ao público o melhor que podíamos. E, olha, o resultado ficou incrível”, comemorou.



As filmagens de “Gênesis” aconteceram em vários locais do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná e Marrocos. Carlo gravou cenas no Sul do país, por isso, passou muitas semanas viajando e, segundo ele, quase “desligado do mundo exterior”. O desafio de estar longe de casa, no entanto, foi avaliado como positivo por ele. “Trabalhar desta forma faz com que a gente se envolva ainda mais com aquilo que fazemos, e o projeto ganha com isso. A equipe vira uma família. Chega uma hora em que as pessoas se entendem no olhar”, disse. “A Record TV tem um time de profissionais muito competente. Direção, cenógrafos, figurinistas, iluminadores, sonoplastas, enfim…. Tem uma galera dando duro pra fazer uma trabalho nota dez. Trabalhar cercado de gente assim acaba sendo muito enriquecedor e prazeroso.”



Adão e Eva serão retratados na primeira etapa da novela. A atriz responsável por dar vida à primeira mulher criada por Deus foi Juliana Boller. “A parceria com ela foi ótima. A Jú é uma super parceira”, exaltou Carlo. “Aliás, não só ela, todo o núcleo se deu muito bem. Passamos boa parte da preparação trabalhando com toda família ficcional, Caim, Abel e todas as filhas. Então estávamos todos sempre juntos”, completou.

A novela “Gênesis” é escrita por Camilo Pellegrini, Raphaela Castro e Stephanie Ribeiro, com direção geral de Edgard Miranda. A trama será dividida em sete fases e possui mais de 250 atores no elenco.