Figurino de “Gênesis” reúne mais de 25 mil peças; veja


© Vinicius Muhammad/Record TV


A grandiosidade de “Gênesis”, nova produção da Record TV, que estreia nesta terça-feira (19), às 21h, pode também ser vista nas mais de 25 mil peças que compõe o figurino da novela. Severo Luzardo, figurinista responsável da trama, contou curiosidades sobre as indumentárias e acessórios que serão exibidos pelos personagens ao longo da história.





VOCÊ VIU? Branca Messina revela marido polígamo em “Gênesis”

Hit de Wesley Safadão alcança o primeiro lugar no Spotify

“Gênesis”: Gil Coelho revela preparação para viver Jafé

Patrícia Poeta revela que estará em novela das sete na Globo

Bem no início da primeira fase da novela, onde temos Adão e Eva, o telespectador não verá figurino algum. A primeira peça de roupa entra exatamente no momento em que eles comem a maçã. “Nessa hora, eles se tornam pessoas mundanas e aparece a vergonha e a necessidade de cobrir o corpo. O fato de ter a vergonha faz com que eles peguem a primeira indumentária, que é tramada com folhas, e se cubram. Depois, eles ganham uma pele de cordeiro. E, a partir daí, vão se criando as vestimentas desse período, com couro, cipós e peles”, contou Severo.

Tirando um acessório e outro e alguns tecidos que foram comprados no Marrocos, todo o guarda-roupa de “Gênesis” foi e é produzido e confeccionado pela própria equipe da novela. “Chegando aqui, é envelhecido, tratado, acrescentado, diminuído”

Para Severo Luzardo, o figurino de Lúcifer, personagem vivido pelo ator Igor Rickli, foi o mais desafiador de todos. “Foram 12 tentativas até chegar no resultado final. O destaque está no colete bordado em fios de ouro e a cor de 12 pedras preciosas que a gente teve que colocar, pois é uma coisa bíblica. Foram precisos 45 dias para bordar manualmente toda a peça”, contou.



A asa física não existe. Nesse momento, entra a equipe de computação gráfica da novela, que trabalhou em conjunto com a figuração. “Tecnicamente, o ator usa uma luva verde, chorma key, para que a asa possa ser colocada sobre o braço do ator”



Ainda sobre a quantidade de peças que compõe o guarda-roupa de “Gênesis”, o figurinista Severo Luzardo contou que para uma novela normal bíblica são usados de 12 mil a 15 mil peças. “E não acabou. A gente ainda está produzindo a mil”.

Na equipe direta de Severo trabalham outros 75 profissionais. “Fora daqui chega a 150 pessoas”. O figurinista encerrou falando ainda sobre a importância de se promover também o trabalho de grandes artistas brasileiros. “A cada produto, por mais que seja bíblico ou de época, nós convidamos artistas para fazer chapéu, vestidos, peças especiais. Isso dá uma riqueza enorme, deixando o figurino impregnado de pequenas obras de arte. E isso, no resultado final, no vídeo, se vê o quanto é interessante e bonito cada peça de roupa”, concluiu.