“Verão”: Jerônimo atenta contra a vida de João e Manu


© TV Globo


Alguns anos se passam após a prisão de Jerônimo (Jesuíta Barbosa) e a trama chega a fevereiro de 1997. O vilão será solto exatamente neste mês depois de cumprir pena pelos crimes que cometeu. Decidido a recomeçar do zero, ele vai procurar João (Rafael Vitti) e Manu (Isabelle Drummond) para propor um projeto irrecusável: um filme contando a história dos Patotinhas.





VOCÊ VIU? Ana Maria ignora Mari Palma após pedido de demissão da Globo

Bruno Gagliasso relembra casamento com atriz da Record

Namorado deserdado se recusa a deixar mansão de George Michael

Ex-noivo de blogueira que se matou afirma: “Tentei de tudo”

Muita coisa aconteceu no Brasil e no mundo nos anos 90. Tivemos alegrias como o surgimento da Internet, mas também momentos muito tristes como a morte dos integrantes da banda Mamonas Assassinas. Enquanto tudo isso acontecia, Jerônimo, Vanessa (Camila Queiroz) e Quinzinho (Caio Paduan) continuavam presos por seus envolvimentos no Crime da Joatinga.

Agora chegou a hora deles encontrarem a liberdade novamente. A primeira a ser solta é Vanessa, logo depois Quinzinho e, em fevereiro de 1997, é a vez de Jerônimo sair da cadeia.

Ao sair do presídio, o pilantra é surpreendido por sua mãe, Janaína (Dira Paes), que foi buscá-lo para ir morar com ela na mansão que pertenceu aos Ferreira Lima. Jerônimo mal sabe que a cozinheira está nadando na grana, assim como João e Manu, que viraram o casal 20 da televisão brasileira e estão fazendo uma superviagem ao redor do mundo.



Jerônimo pergunta para Janaína se ela sabe do paradeiro de Vanessa:



“Parece que ela cumpriu a pena e saiu do Rio, mas não sei para onde foi… Eu acho que você devia esquecer esse passado.”

Triste, o pilantra pede um último favor a mãe:

“Ia pedir um emprego num dos seus restaurantes, pode ser de garçom… Eu tenho um pouco de experiência, trabalhei na pousada, lembra?”

Janaína fica com o pé atrás, mas decide dar uma chance ao filho. Ela o contrata para ser assistente de Catraca (Orlando Caldeira) em uma das filiais do Sua Praia.

Após um mochilão pela Europa, João e Manu voltam ao Brasil. Apesar de terem relaxado na viagem, os ex-Patotinhas estão muito apreensivos com o reencontro com Jerônimo, mas ao chegar na casa de Janaína, o irmão do pilantra se surpreende ao saber que ele não mora mais com ela na antiga mansão dos Ferreira Lima:

“Jerônimo trocando Vieira Souto pelo Catete. Por essa eu não esperava…”, diz João.

Mas Janaína avisa que, ainda assim, Jerônimo quer vê-lo e que tem algo de muito importante para conversar com ele e Manu. Eles vão até o Sua Praia visitá-lo e são tentados por uma proposta do ex-vilão:

“Fiz roteiro contando a história do Patotinha. Era para ser um livro, mas eu saquei o potencial que tinha para virar um filme… Eu queria que você dirigisse o filme, João. E que a Manu atuasse.”

Após lerem o roteiro, João e Manu topam a ideia de Jerônimo e os três colocam a mão na massa para produzir o filme.

O filme dos Patotinhas estreia e todas as atenções estão voltadas para Manu e João, o que deixa Jerônimo muito incomodado. Logo após a exibição do longa para a plateia, Janaína sugere que a família siga para uma festa, mas João avisa que vai para uma casa na serra descansar e trabalhar em outros projetos.

“Vou ficar lá uns dias… Quero trabalhar nos projetos que tive que adiar por causa do filme.”

Manu e Jerônimo também pulam a festança e vão cada um para o seu canto. A história, porém, toma um rumo diferente quando a jovem decide viajar com João sem contar para ninguém. Ao receber a namorada, João percebe que não tem nada para comer na casa:

“Não tem quase nada na despensa. Eu dou um pulo naquele restaurante da serra, compro uma pizza, um vinho… Que tal?”

Jerônimo também muda de ideia e decide fazer uma visitinha ao irmão na tal casa da serra. Chegando lá, o vilão joga gasolina por todo o local e acende um fósforo, ateando fogo em tudo, sem saber que Manu está lá sozinha!

“SOCORRO, SOCORRO!”, grita Manu.