Em “Paraíso”, Desireé revela habilidade ‘chocante’ a Juvenal


© Divulgação/TV Globo


Desireé (Priscila Assun) deixará Juvenal (Anderson Di Rizzi) enlouquecido com uma ‘habilidade’ que revelará em “O Outro Lado do Paraíso” – trama das 21h da TV Globo. A prostituta usará uma de suas técnicas sexuais com o parceiro.





VOCÊ VIU? Cleo exibe bumbum em lingerie cavada: “Pegando fogo”; veja!

Noiva defende Thammy Miranda: “Meu macho”

“BBB”: Patrícia sobre Gleici: “Parto a cara dela num soco”

Zezé di Camargo é ‘zoado’ após noiva postar foto do bumbum

A cena acontecerá às vésperas do casamento dos dois, segundo o “Notícias da TV”.

Depois de presenciar a artimanha, o rapaz ficará desestruturado: “Eu estou zonzo. Nem consigo ficar de pé nas minhas pernas”.

A noiva provocará: “Já pensou, Juvenal, que vai ser assim todas as noites, depois de casado?”.



O lapidador responderá: “Eu nem sei se tenho forças, não”.



A mulher rebaterá: “Eu faço gemada, Juvenal. Vai ter força, sim”.

Aos suspiros, o trabalhador não conseguirá terminar a frase: “Mas é que eu nunca…”.

E a morena ressaltará: “Pois é. Até hoje você conheceu a Cândida, que era uma santa. Agora conheceu a Desireé, que é uma diaba”.

Depois do ato, o homem ficará ‘pilhado’ quando Zé Victor (Rafael Losso) garantir que a prostituta lhe trai. Desconfiado, ele visitará a parceira no bordel e a encontrará passando roupas para as amigas.

O moreno pedirá desculpas pela falta de confiança: “Perdoa. Eu pensei mal de você”.

A garota reclamará: “Nem devia perdoar. Eu aqui me matando, Juvenal, e você pensando mal de mim”.

Nesse momento, Caetana (Laura Cardoso) recomendará a “chave do cofre”. Mesmo ao mostrar relutância, o lapidador não resistirá e irá com a mulher para o quarto.

Ao chegarem, a noiva disparará: “De dia sou mulher honesta. De noite te descabelo, Juvenal. Agora sou Desireé. Apaga a luz”.

O rapaz ficará com receio: “Você não vai…”.

Logo depois, um uivo ecoará pelo local e assustará Zildete (Narjara Turetta): “Que grito foi esse? Até me arrepiou”.

Então, a dona do bordel responderá: “Coisa de casal. A Desireé girou a chave do cofre”.

Vale lembrar que essa foi a forma que Walcyr Carrasco encontrou para reescrever o ‘segredo’ de Desireé. Em um roteiro recente, a prostituta revelaria que é uma mulher transgênero, mas por causa de um erro de continuação – a morena já visitou uma ginecologista para tentar voltar a ser virgem –, o escritor resolveu alterar a trama.