Alexandre Garcia se irrita com âncora da CNN e ameaça deixar programa


© CNN


Defensor do governo de Jair Bolsonaro, Alexandre Garcia não gostou nada de ter sua opinião favorável ao presidente questionada por Rafael Colombo durante o “CNN Novo Dia”, nesta quinta-feira (6), ao vivo. Bastante irritado, o veterano ameaçou não retornar mais à atração.

LEIA TAMBÉM: Luto: Após quase dois meses internado, morre Paulo Gustavo

Ingrid Guimarães diz que Paulo Gustavo temia demais a Covid: “Se cuidava muito”

Confira como foi a grande final do “Big Brother Brasil 21”!

Assim como Juliette, veja quem mais já venceu o “BBB”

Tudo começou quando Garcia falava sobre uma declaração do político, que informou estar avaliando editar um decreto, com base no artigo 5º da Constituição, contra as medidas restritivas de governadores e prefeitos no combate à pandemia.

O comentarista da CNN, então, afirmou: “Tem que haver um decreto para cumprir a Constituição. Vi hoje no jornal: ‘Bolsonaro é ameaça com decreto’. Estamos ameaçados de que alguém nos faça cumprir a Constituição. Isso resume tudo. Como ele chamou? De pleonasmo abusivo. Um decreto para fazer cumprir a Constituição”.

O âncora do matinal, então, questionou: “Mas a Constituição dá direito à vida também, né, Alexandre? Os governadores e prefeitos não estão tentando garantir o direito à vida?”.

Incomodado com a interferência, o veterano respirou fundo e ficou em silêncio. Colombo, por achar que o colega não havia escutado a pergunta, cortou a transmissão: “Valeu, Alexandre. A Gente volta a conversa amanhã”.

Garcia, por sua vez, resolveu se manifestar, indignado: “Eu estou sendo entrevistado”.

Rafael se explicou: “Desculpa, pensei que você não tivesse ouvido”.

O comentarista político, contudo, o ignorou e continuou: “Não sei se a gente volta [amanhã]”.

Para cortar o climão, Rafael Colombo apenas disse “ok” e prosseguiu com o noticiário.

Oficialmente, a CNN não comentou o desentendimento até o momento.










Close sidebar