Após 50 anos, Sandra Passarinho deixa a Globo


© TV Globo


A repórter Sandra Passinho pediu demissão da TV Globo após 50 anos para se dedicar a novos projetos. O diretor-geral de Jornalismo, Ali Kamel, informou em comunicado o desligamento da jornalista nesta sexta-feira (20).





Sandra foi convidada por um amigo que fez quando cursou Ciências Sociais em Londres, na Polytechnic of Central London, para participar de um projeto digital. Mas sem a necessidade de deixar o Brasil.

“O que a cativa é continuar de alguma forma a buscar outras formas de contar histórias. Como ela me disse, o que somos nós jornalistas senão ‘historiadores’ do nosso tempo? Sandra Passarinho fez História na TV”, elogiou.

Primeira correspondente da Globo na Europa, a jornalista começou a trabalhar na emissora como estagiária, aos 19 anos. Kamel destacou o trabalho de Sandra e agradeceu pelos anos de contribuição ao canal.



“Quero agradecer à Sandra pela imensurável contribuição que ela deu ao jornalismo da Globo e ao jornalismo brasileiro. E por ter inspirado tantos e tantos profissionais. Entre eles eu, que sempre parei quando via uma reportagem dela no ar. Desde a década de 1970.”