Após agressão, Thomas Gibson é demitido de “Criminal Minds”


  • © Divulgação
  • © Divulgação
  • © Divulgação
  • © Divulgação
  • © Divulgação
  • © Divulgação


As coisas não estão fáceis para os fãs de “Criminal Minds”. Depois da saída de Shemar Moore, há cerca de dois meses, a trama sofreu outra baixa no elenco. Na última sexta-feira (12) foi confirmada a demissão de Thomas Gibson, que se envolveu em uma confusão e agrediu um dos roteiristas da série americana.





VOCÊ VIU? Johnny Depp aparece agressivo em vídeo com Amber Hard

“Thomas Gibson foi despedido de ‘Criminal Minds’. Detalhes narrativos sobre como a saída do personagem será abordada na série serão anunciados em breve”, limitou-se a dizer o estúdio ABC/CBS, em comunicado oficial.

Intérprete do investigador Aaron Hotchner, o ator integrava o elenco desde a primeira temporada, em meados de 2005, e já tinha se desentendido outras vezes com outros membros da equipe. A gota d’água aconteceu em uma das filmagens recentes, quando ele teria chutado um executivo na perna. Preocupada, a emissora chegou a orientá-lo a procurar aulas para controle de raiva, mas o veterano ignorou, causando seu desligamento.

“Eu amo ‘Criminal Minds’, entrei nisso de coração e alma pelos últimos 12 anos. Tive esperanças de resolver tudo, mas isso não será possível agora. Eu só gostaria de dizer obrigado aos roteiristas, produtores, atores, nossa equipe incrível e, mais importante, aos melhores fãs que uma série poderia torcer para ter”, lamentou Gibson em entrevista ao “The Hollywood Reporter”.