Após suspensão, Geraldo Luís perde comando do “Domingo Show” e vai para ‘geladeira’


© Record


Geraldo Luís não voltará mais comandar o “Domingo Show”, da Record. O apresentador foi afastado definitivamente da atração nesta segunda-feira (25).

Veja também:

Com afastamento de Geraldo Luís, “Domingo Show” cresce na audiência e vence “SuperStar”

O veterano deve amargar na ‘geladeira’ do canal caso não tenha seu contrato rescindido. O comunicador ainda tem vínculo com a emissora de Edir Macedo até abril de 2017.

Foi o bispo, aliás, quem ordenou a suspensão do funcionário na última semana. Segundo o “Notícias da TV”, o dono da Record ficou bem irritado com o comentário malcriado feito por Geraldo ao final do vespertino no último dia 17.

O empresário assistia ao canal, ansioso pela transmissão da votação do impeachment de Dilma Rousseff, quando foi surpreendido pelo desabafo. Na mesma hora, o líder da Igreja Universal telefonou para Douglas Tavolaro para reclamar da atitude do apresentador.

O vice-presidente de jornalismo da emissora optou pela suspensão e escalou Luiz Bacci para assumir a função no último domingo (24). Inicialmente, a ideia era que Geraldo retornasse à atração no próximo domingo (1). Contudo, a alta cúpula do canal mudou de ideia e resolveu castigar o jornalista.

Rumores dão conta de que o artista já estaria negociando sua transferência para a concorrência. SBT e RedeTV! estariam interessadas no passe do apresentador.

Punido por reclamação ao vivo

A direção da Record decidiu afastar Geraldo Luís do “Domingo Show” depois de o âncora reclamar da emissora, ao vivo, no palco da atração. O apresentador criticou o canal depois de sofrer cortes em uma reportagem.

Geraldo disse que ficou ‘muito triste’ com as intervenções feitas em sua matéria e chegou a acusar os colegas de emissora de serem ‘covardes’.

“Tem gente aqui que não briga, cospe no prato que come”, disparou.



Close sidebar