Bruno Gagliasso estreia na Netflix em série “Santo”


© Divulgação/Netflix


E lá vem o primeiro trabalho de Bruno Gagliasso na Netflix: o ator estará em “Santo”, série original espanhola criada por Carlos López e com gravações no Brasil e na Espanha. No projeto, que conta ainda com o diretor Vicente Amorim e o roteirista Gustavo Lipsztein, ambos brasileiros, Bruno contracena com o ator espanhol Raúl Arévalo (“Anti-motim”, “Tarde para a raiva” e “O Mediador”).





VOCÊ VIU? Agnaldo Timóteo é internado em UTI no Rio com Covid-19

Cristiano revela que ele e a família estão com Covid-19

Daniel anuncia lançamento de EP digital

“Todo Mundo Odeia o Chris” terá reboot em versão animada

“Eu estou muito feliz com este primeiro trabalho na Netflix: uma produção espanhola, com uma equipe brasileira e que ainda destaca a nossa cultura na trama. Estou há mais de um ano dedicado a essa série, realizando encontros virtuais de leitura com elenco e diretores e também um mergulho profundo no perfil psicológico do meu personagem”, afirmou Bruno.

Série policial, “Santo” é um thriller de intriga e de ação, que, em alguns momentos, flerta com o terror. A trama gira em torno de Santo, um narcotraficante cujo rosto nunca foi visto e que é investigado pelos policiais federais Ernesto Cardona (Bruno Gagliasso) e Miguel Millán (Raúl Arévalo). Radicalmente opostos, eles terão que aprender a colaborar um com o outro para resolver o caso e manter suas vidas seguras.

“Santo é como um terremoto com dois epicentros simultâneos, um no Brasil e outro na Espanha: a história de dois policiais em dois continentes diferentes que se unem para perseguir um inimigo que ninguém sabe como é porque nunca foi visto. É um grande desafio, mas contamos com uma equipe de altíssimo nível e um elenco estelar. Trabalhar com Raúl e Bruno também garante que esta história vai deixar uma marca”, afirmou Carlos López, criador da série.





No roteiro, ao lado de Carlos, estão o espanhol Miguel Ángel Fernández (Tempos de guerra e Desaparecidos) e o brasileiro Gustavo Lipsztein (Travessia mortal e Perdendo meus mármores). Produzida pela Nostromo Pictures para a Netflix, a série será dirigida pelo espanhol Gonzalo López-Gallego (Néboa, La zona e Ángel o demonio) e pelo brasileiro Vicente Amorim (A Divisão, Police Romance: Espinosa e Copa Hotel).

Para Verónica Fernández, diretora de Conteúdo (séries) na Netflix Espanha, “Santo vai surpreender pela originalidade de sua abordagem e por ter um pulso narrativo frenético. Unir talentos espanhóis com talentos brasileiros causou uma explosão de criatividade. É um thriller que te dá arrepios.”