Demitida, jornalista acusa presidente da Fox de assédio


  • © Telefe
  • © TV Globo
  • © RICTV
  • © SporTV
  • © Twitter
  • © Divulgação/TV Globo
  • © SBT
  • © BBC
  • © Fox News
  • © SBT
  • © Band
  • © SBT
  • © Rede TV!
  • © RedeTV!
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © RedeTV!
  • © TV Globo
  • © 13 News
  • © Record
  • © Band
  • © TV Globo
  • © GloboNews
  • © Twitter
  • © Globo News
  • © TV Globo
  • © Fox Sport
  • © MSNBC
  • © KTLA
  • © AgNews
  • © TV Globo
  • © Programa "Vendredi Tous Es Permis"
  • © BBC
  • © GloboNews
  • © Manuela Scarpa e Rafael Cusato/Brazil News
  • © GloboNews
  • © Montagem Famosidades - Instagram
  • © GloboNews
  • © GloboNews
  • © Divulgação
  • © Divulgação
  • © Twitter
  • © TV Globo
  • © YouTube
  • © SBT
  • © TVN
  • © TV Network Ten
  • © Divulgação/TV Globo
  • © BandNews
  • © BandNews
  • © CNN
  • © TV Globo
  • © TV TEM
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © Panamericana Televisión
  • © Band
  • © AgNews
  • © TV Globo
  • © Band
  • © Rede TV!
  • © TV Mirante
  • © TV Globo
  • © Band
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © GloboNews
  • © SBT


Uma polêmica tomou conta das manchetes norte-americanas na última quarta-feira (6). Roger Ailes, presidente da Fox News, foi acusado de demitir uma de suas funcionárias por não corresponder às suas investidas sexuais.

VOCÊ VIU? Sérgio Marone agarra e beija apresentadora em programa na Argentina

Gretchen Carlson, que era uma das apresentadoras mais famosas do canal, entrou com um processo contra o executivo por abuso sexual. Por sua vez, a emissora informou que abrirá uma comissão interna para analisar as denúncias.

Ailes, porém, fez questão de se pronunciar e negar as acusações. “É uma retaliação contra a decisão de não renovar o contrato dela, ação tomada porque a programação vespertina do canal estava sendo afetada pelos números decepcionantes de audiência do seu programa.”

Em um documento com quase dez páginas, a jornalista detalha todo o período que acabou acarretando em seu desligamento da Fox, no último dia 23 de junho. A loira destacou que, em uma das vezes, tentou repreender o presidente e teria ouvido uma reposta constrangedora: “Acho que eu e você deveríamos ter tido uma relação sexual há muito tempo. Você ficaria melhor e eu também”.

A recusa teria feito com que a profissional sofresse perseguição e uma série de sabotagens dentro da empresa.

No Facebook, a famosa reiterou as acusações e destacou: “Lutei pelo empoderamento feminino durante toda a carreira e precisava me posicionar para falar a favor de todas as mulheres [que sofrem abuso] no trabalho”.



Close sidebar