Emissora defende desabafo de Titi sobre machismo em festival


© Instagram


A Multishow, emissora paga do Grupo Globo, se manifestou a respeito do desabafo de Titi Müller durante transmissão ao vivo do “Lollapalooza”, realizado no último fim de semana, em São Paulo.





VOCÊ VIU? Titi Müller detona DJ ao vivo no Lollapalooza: “Babaca”

Fã com câncer morre após receber ligação de Beyoncé

Sidney Sampaio faz implante após retirar aplique; veja!

Produção de Bieber busca meninas em casas de massagens

O canal saiu em defende das palavras da apresentadora, que chamou o DJ Asaf Borgore de “machista”. “Nossos apresentadores têm liberdade de expressão e opinião”, disse ao colunista Maurício Stycer.

Para quem não viu, a ruiva anunciou a participação do DJ no festival musical, mas não sem antes destacar sua postura polêmica.

“Na medida que ganhou visibilidade, as letras compostas por ele, totalmente machistas, misóginas, babacas, foram ganhando visibilidade e críticas. A própria Nervo [dupla de DJs], que vai tocar aqui hoje e não autorizou nossa transmissão, falou que essas letras – tipo “seja uma vadia mas antes lave a louça – é só um personagem. Na próxima encarnação, invente um personagem melhor”.



A famosa ainda disse que gostaria de dizer que “machistas não passarão”. “Mas vai passar nesse canal agora. É isso aí, Borgore, vai que é tua, querido”, encerrou irônica.