ESPN se manifesta após denúncia de racismo


© Instagram


A ESPN divulgou comunicado, na última quarta-feira (26), para esclarecer a briga entre Alexandre Oliveira e uma maquiadora da emissora.





VOCÊ VIU? Thais Fersoza dà à luz Teodoro: “Chegou antes do previsto”

Marcelo Rezende se defende após deixar quimio: “Deus mandou”

Fãs se emocionam com encontro de Chiquinha e Sr. Barriga

Thomaz Costa ‘tira aliança’ de namoro por Bruna Marquezine

O canal esportivo confirmou que houve, de fato, um desentendimento entre eles, porém garantiu que o comentarista não cometeu nenhum crime racial contra a funcionária.

“A ESPN tem o respeito à diversidade como um dos pilares de sua cultura organizacional e não tolera qualquer tipo de discriminação. A empresa esclarece que houve um desentendimento entre o comentarista Alexandre Oliveira e uma funcionária da emissora na última semana, sem nenhum tipo de ofensa racial”, dizia nota ao jornal “O Dia”.

Para quem não sabe, Alê Oliveira teria chamado a funcionária de “preta de m*” na frente de outros prestadores de serviços do canal.



Ainda de acordo com a publicação, a moça fez a denúncia contra Oliveira na direção da emissora, mas a única medida tomada foi uma mudança no horário da profissional para que ela não o encontrasse mais nos corredores.