Esposa de suicida processa a Record por ser chamada de “prostituta”


© Record


A esposa de um homem que tentou cometer suicídio no Rio de Janeiro foi chamada de “prostituta” em uma matéria da Record. Constrangida, a moça decidiu abrir um processo contra a emissora, e o material será assistido na próxima quarta-feira (23), na 13ª Vara Cível da capital fluminense.





VOCÊ VIU? Faustão bate com o microfone em bailarina ao vivo na Globo

Preta Gil interrompe gravação e é internada às pressas em SP

Anitta assume namoro durante ensaio do seu bloco de Carnaval

Jorge, da dupla com Mateus, se separa após 7 anos de união

Segundo o jornal “O Globo”, a mulher ficou indignada com as alegações do canal do bispo Edir Macedo, e exigiu R$ 40 mil de indenização por ataque à sua honra.

Aliás, de tão humilhada que ficou com repercussão de sua imagem em rede nacional, a autora do processo afirmou que teve que se mudar para o Rio Grande do Sul.

Vale lembrar que o homem em questão tentou tirar a própria vida de cima de um prédio no centro do Rio de Janeiro.