Faustão abre o jogo sobre saída da Globo pela primeira vez


  • © YouTube

    Fausto Silva surpreendeu ao comentar, pela primeira vez, sua saída antecipada da TV Globo, no ano passado. O apresentador, que foi tirado do ar antes do fim do seu contrato e sem direito a se despedir do público, garantiu não guardar mágoa da emissora carioca, onde trabalhou por mais de três décadas.

    “Não tem problema nenhum. Página virada e olhar para a frente”, afirmou durante participação no podcast Rap 77.

    Antes, o comunicador avaliou: “Isso aí é coisa normal. Não posso falar nada. Se eu fiquei no lugar 33 anos… Eu fui muito feliz lá. Eu consegui trabalhar com gente como o Boni. Foi o melhor presente que a vida me deu. Daniel Filho, Carlos M.a.n.g.a, Paulo Ubiratan. Então, eu trabalhei com gente que fez a televisão brasileira mesmo, né? Durante 33 anos”.

    E prosseguiu: “Agora, a partir do momento que eu me antecipei, dizendo que ia voltar para a Band, é claro que eles não iam me deixar na vitrine”.

    Vale lembrar que depois de um problema de saúde e de precisar ser internado às pressas, Faustão chegou a anunciar seu retorno ao “Domingão”. No entanto, por decisão do canal, foi tirado do ar de forma repentina e substituído por Tiago Leifert. Atualmente, o dominical é comandado por Luciano Huck. Já Fausto Silva estreia em 17 de janeiro sua nova atração na Band.

    Confira a seguir outros apresentadores que também foram impedidos de dar adeus ao público em frente às câmeras!

  • © Divulgação/Record

    Em 2009, Gugu resolveu trocar o SBT pela Record, e após algumas ‘retaliações’ nos bastidores da emissora de Silvio Santos enquanto ainda cumpria o restante de seu contrato – entre elas trocar o horário de seu “Domingo Legal” sem que ele fosse avisado previamente -, o apresentador acabou entrando em consenso com o Homem do Baú e deixando a empresa antes da hora. Com isso, não teve a oportunidade de se despedir de seus telespectadores

  • © Instagram

    Em 2010, Palmirinha pediu demissão da Gazeta e, como retaliação, não conseguiu se despedir de suas “amiguinhas” – como chamava as telespectadoras – no ar

  • © Record

    Em 2015, Chris Flores foi surpreendida com a notícia de que não permaneceria no comando do “Hoje em Dia”, da Record. Do dia para a noite, a apresentador deixou o comando do matinal e não teve a oportunidade de dizer adeus aos telespectadores

  • © RecordTV

    Celso Zucatelli passou pelo mesmo que Chris Flores. Em 2015, foi tirado do comando do “Hoje em Dia”, da Record, e não conseguiu se despedir do público. Este ano, porém, o jornalista retornou ao canal dos bispos

  • © RedeTV!

    Edu Guedes foi o terceiro apresentador do “Hoje em Dia” a ser tirado do comando do programa, do dia para a noite. Com isso, também não pode se despedir dos telespectadores da Record

  • © TV Globo

    Em 2019, Fernando Rocha foi dispensado do “Bem Estar”, da TV Globo, de surpresa. O apresentador não teve como se despedir dos telespectadores e precisou publicar um texto de adeus em suas redes sociais

  • © Divulgação/Gazeta

    Em 2019, Ronnie Von foi dispensado da TV Gazeta. Após 15 anos de ‘casa’, o famoso não teve a oportunidade de se despedir dos telespectadores. Em entrevistas, o veterano admitiu ter ficado bastante chateado com isso

  • © Divulgação/SBT

    Em 2020, Rachel Sheherazade foi dispensada do SBT por e-mail. Após 9 anos no comando do “SBT Brasil”, a jornalista não teve sequer a oportunidade de dizer adeus ao público

  • © TV Globo

    Lair Rennó, integrante fixo do “Encontro com Fátima Bernardes” e substituto da apresentadora durante suas folgas e férias, foi demitido do matinal da TV Globo, em 2019, de forma inesperada. Sem poder se despedir do público, o jornalista publicou uma mensagem de adeus nas redes sociais





Close sidebar