Fracassaram: Veja 10 programas que não deram certo na TV


  • © SBT e Band

    Em 2018, o “Brasil da Gente” estreou na Band, mas não teve um final muito feliz. O programa de Netinho de Paula foi cancelado na mesma semana pelo baixo índice de audiência.

    O cancelamento aconteceu porque a atração teria alcançado apenas 0,6 pontos no Ibope – cada ponto equivalia, na época, a cerca de 71,8 mil domicílios na Grande São Paulo.

    No entanto, esse não foi o primeiro caso de programa deixado de lado logo após a estreia. Helen Ganzarolli, por exemplo, já passou pela mesma situação com o “Telefone & Ganhe”.

    Confira essa e outras histórias sobre os programas de TV que não deram certo nas páginas a seguir!

  • © SBT

    Em dezembro de 1995, a primeira versão do “SBT Notícias” não ficou no ar nem por um mês. O noticiário teve um grande fracasso e foi retirado da grade do SBT

  • © RecordTV

    Em 2001, Otaviano Costa se arriscou como apresentador do “Domínio Público”, da Record, e não teve muito sucesso. O programa foi cancelado com pouco mais de dois meses no ar

  • © SBT

    O “Telefone e Ganhe”, do SBT, foi ao ar por um único dia. O programa de Helen Ganzarolli, que estreou em dezembro de 2010, teve baixos índices de audiência e, por isso, foi cancelado logo após a estreia

  • © SBT

    Em 2012, a emissora de Silvio Santos estreou um noticiário paulista, o “SBT São Paulo”, mas o programa durou apenas dois meses no ar e foi cancelado por causa da baixa audiência

  • © SBT

    “Famoso Quem?”, do SBT, foi outro que durou cerca de dois meses. A baixa audiência causou o fim do programa, que estreou em setembro de 2013

  • © TV Globo

    O “Divertics”, da TV Globo, foi outro projeto que não trouxe bons números para a emissora. A atração ficou no ar durante três meses, entre dezembro de 2013 e março de 2014

  • © TV Globo

    Em 2015, o “Tomara Que Caia”, da TV Globo, não deu bons resultados e foi cancelado. O programa ficou no ar entre julho e novembro

  • © RedeTV!

    O “Sem Rodeios”, da RedeTV!, também não teve um bom destino. Após dois meses, o programa saiu do ar

  • © RecordTV

    “Olha a Hora!”, da RedeTV!, foi outro que teve vida curta. O noticiário de Luciano Faccioli não durou nem três meses na grade por causa da baixa audiência

  • © Band

    “Brasil da Gente”, da Band, foi cancelado logo após sua estreia. O programa teve 0,6 pontos no Ibope – cada ponto equivalia a 71,8 mil domicílios na Grande São Paulo, na época –, o que assustou o canal





Close sidebar