Globo corta cenas de José Mayer em Vale a Pena Ver de Novo


  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © Divulgação/TV Globo
  • © TV Globo
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Facebook
  • © Divulgação/TV Globo
  • © TV Globo
  • © Divulgação
  • © TV Globo
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © TV Globo
  • © Instagram
  • © Divulgação/TV Globo
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © TV Globo
  • © Instagram
  • © AgNews
  • © TV Globo
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © TV Globo
  • © Divulgação/Inácio Morais/GShow
  • © TV Globo
  • © Manuela Scarpa/Brazil News
  • © Divulgação/Gshow
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © TV Globo
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Divulgação
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © Divulgação/TV Globo
  • © Divulgação/Gshow
  • © TV Globo
  • © TV Globo


Suspenso da TV Globo após ser acusado de assédio contra a figurinista Susllen Meneguzzi Tonani, José Mayer, que está no ar no canal carioca na reprise de “Senhora do Destino”, no “Vale a Pena Ver De Novo”, terá suas cenas reduzidas no folhetim.





VOCÊ VIU? Como assim? Mesmo suspenso, José Mayer voltará ao ar

Susana Vieira se irrita com perguntas sobre assédio de Mayer

Maria Ribeiro se manifesta após marido defender Zé Mayer

Oscar Magrini faz comentário machista ao vivo na Globo

De acordo com o jornal “Agora S. Paulo”, a ideia é evitar a superexposição do veterano.

No entanto, como tem um papel muito importante na trama – ele se relaciona com a protagonista, Maria do Carmo (Susana Vieira) – o artista não será tirado de vez da produção. Porém, só aparecerá em cenas consideradas extremamente necessárias.

Vale lembrar que o famoso voltará a ser visto também em duas novelas do canal pago Viva. Isso porque a emissora por assinatura resolveu reexibir “Tieta” (1989) e “Fera radical” (1988) e ambas as tramas têm Mayer em seu elenco.



O caso



Em texto publicado no jornal “Folha de S. Paulo”, na última sexta-feira (31), Susllen Meneguzzi Tonani, de 28 anos, afirmou que o intérprete do vilão Tião, de “A Lei do Amor” – trama das 21h da emissora carioca –, tocou suas partes íntimas e a chamou de “vaca” na frente de outros funcionários.

Segundo a funcionária, o veterano teria começado a assedia-la há oito meses, quando a profissional entrou para o time de produção da novela. O artista teria iniciado as investidas elogiando a beleza da jovem. Depois, sem ter êxito na conquista, teria começado a insultá-la.

“Trabalhar de segunda a sábado com José Mayer era rotineiro. E com ele vinham seus ‘elogios’. Do ‘como você se veste bem’, logo eu estava ouvindo: ‘como a sua cintura é fina’, ‘fico olhando a sua bundinha e imaginando o seu peitinho’, ‘você nunca vai dar para mim?’”, relatou Su.

A mulher destacou também que ameaçou ir ao departamento de recursos humanos da Globo para denuncia-lo, mas o famoso não teria parado com as investidas.

Foi quando, em fevereiro deste ano, a garota revelou à imprensa que teve suas partes íntimas tocadas por Mayer.

“[…] Dentro do camarim da empresa, na presença de outras duas mulheres, esse ator branco, rico, de 67 anos, que fez fama como garanhão, colocou a mão esquerda da minha genitália […] E disse que era um desejo antigo. Elas [as duas mulheres]? Elas, que poderia estar em meu lugar, não ficaram constrangidas. Chegaram até a rir de sua ‘piada’. […] Me vi sozinha, desprotegida, encurralada, ridicularizada, inferiorizada […] Senti desespero, nojo, arrependimento de estar ali”, declarou.

Tonani disse ainda que ficou calada por mais alguns dias, tentando fugir de José Mayer, porém, encontrou o ator no set de gravações e foi xingada por ele aos berros, na frente de mais 30 funcionários.

“[…] Ele no centro, sob os refletores, no cenário, câmeras apontadas para si, prestes a dizer seu texto de protagonista. Neste momento, sem medo, ameaçou me tocar novamente se eu continuasse a não falar com ele. E eu não silenciei. ‘Vaca’, ele gritou. Para quem quisesse ouvir.

Foi quando a figurinista resolveu fazer a denúncia contra o veterano. Como resposta, o canal teria dito que tomaria as providências cabíveis no caso.

“Chega. Procurei quem me colocou ali. Fui ao RH. Liguei para a ouvidoria. Fui ao departamento que cuida dos atores […] A empresa reconheceu a gravidade do acontecimento e prometeu tomar as medidas necessárias. Me pergunto: quais medidas? Que lei fará justiça e irá reger a punição? Que me protegerá e como?”, indagou.