Globo enfrenta crise por divergências políticas de seu elenco


© TV Globo


A TV Globo está passando por uma crise ocasionada pela divergência política entre parte de seu elenco. Artistas a favor e contra Jair Bolsonaro travaram uma guerra nos bastidores da emissora.





VOCÊ VIU? Fátima Bernardes rebate comentário machista de sertanejo ao vivo

Deborah Secco diz quanto ganhou para cortar o cabelo em “Sol”

Neymar estaria ‘investindo’ em atriz desafeto de Marquezine

Afastada dos palcos, Simone lava carro: “Procurando o que fazer”

Segundo o colunista Ricardo Feltrin, famosos ditos de “esquerda”, estão pressionando colegas acima e abaixo na hierarquia a se recusar a trabalhar ou deixar de convidar ex-colegas que declararam apoio ao presidente eleito pelo Partido Social Liberal.

Atores e atrizes que estão sendo chamados para as próximas produções do canal exigem saber antes quem serão os colegas de elenco. Dizem que não querem contracenar com “fascistas”.

Márcio Garcia, por exemplo, que surgiu em uma foto dando um beijo do ex-militar está sofrendo retaliação por parte de seus colegas. Alguns afirmam que não participarão do “Tamanho Família”, caso tenha uma nova temporada.