Humberto Martins sai em defesa de Zé Mayer: “Não merecia retaliação”


© Instagram


Humberto Martins abriu o jogo, na última quinta-feira (17), sobre o que pensa da demissão de José Mayer. Durante um evento no Rio de janeiro, do lançamento de “Verão 90” – próxima trama das 19h da da emissora carioca -, o ator lamentou a decisão do canal e avaliou como injusto o desligamento do colega.

VOCÊ VIU? Sertanejo Marciano morre aos 67 anos em São Paulo

Agatha Moreira leva internautas à loucura com bumbum ‘sujo’

Pai de Melody aceita que Felipe Neto pague psicólogo para a filha

Anitta surge pela primeira vez agarradinha ao novo namorado

“Nunca fomos amigos, trabalhamos em algumas produções, mas eu vejo sempre pelo lado do humano. Acho que ele não merecia essa retaliação. Errou? Errou, mas quem somos nós para julgar o outro? Estou falando por mim”, disse ao “Uol”.





Sem papas na língua, o galã continuou: “Muitas vezes as pessoas julgam e até condenam sem saber direito o que aconteceu e ninguém sabe o que realmente aconteceu. Sabem? Eu só sei de uma coisa: esse mundo é muito perverso”.

Humberto ainda se pôs no lugar de Mayer. “Eu nunca tive nada parecido, nunca vivi uma situação parecida, então é difícil falar. Mas se fosse comigo com relação à rescisão de contrato eu iria respeitar e, claro, sofrer. Mas eu iria logo buscar outras coisas para fazer, como vender picolé ou cachorro quente”, afirmou.

Vale lembrar que o veterano foi acusado de assédio pela figurinista Su Tonani. Após a polêmica, o artista ficou um período afastado das produções da Globo, até que a emissora decidiu não renovar seu contrato.