Globo põe seu próprio Silvio Santos no ar, mas perde no confronto com o verdadeiro Homem do Baú


© Globo


Wellington Muniz, o Ceará, levou a imitação de Silvio Santos ao “Tomara que Caia”, da Globo, no último domingo (18). O comediante entrou em cena no mesmo horário em que o dono do SBT comandava seu programa. Contudo, não conseguiu superar a audiência do ‘patrão’ original.





Durante o confronto das duas atrações, entre 23h30 e 0h09, o veterano ficou ligeiramente na frente da produção global: 11,8 pontos contra 11,7 (cada ponto do Ibope em São Paulo equivale a 67 mil residências). Já nos dois domingos anteriores – sem o sósia do apresentador -, o humorístico ficou na frente na disputa: Em 11 de outubro, o canal carioca venceu por 11,4 a 9,9 pontos. Já no dia 4, bateu o concorrente por 12,4 pontos a 9,7.

O ex-“Pânico” iniciou sua performance com a famosa música do “Programa Silvio Santos”, citou o Lombardi (Luiz Lombardi Neto) – locutor da atração por décadas –, e animou a plateia com a atuação.

Vale ressaltar que essa não é a primeira vez que um sósia do veterano aparece na emissora carioca. Em abril de 2014, Marcelo Adnet também se caracterizou como o dono do SBT para a estreia do “Tá No Ar”.



Ceará criou a imitação em 2003, no “Pânico na TV”, da RedeTV!. Dois anos depois, Santos proibiu a exibição do personagem, porém voltou atrás e deixou o humorista interpretá-lo até 2012, quando moveu uma ação na Justiça que levou o artista a parar com a piada.



No ano seguinte, porém, novamente o marido de Mirella Santos voltou a se caracterizar como o veterano após uma decisão judicial favorável.






Close sidebar