Kadu Moliterno sobre apoio ao filho gay: “Tem que ser feliz”


© Divulgação


Galã da televisão brasileira, Kadu está completando 50 anos de carreira. Ele fala dos planos profissionais, revelando uma possível retomada do seriado de ação e aventura, “Armação Ilimitada”, exibido originalmente entre 1985 e 1988, no qual interpretava o personagem Juba.





VOCÊ VIU? Famosos mais bem pagos do ano: Kylie lidera; Neymar é o 7º

Zilu fala sobre fim do casamento com Zezé: “Fui internada”

Marco Ricca está lúcido e já respira espontaneamente

Netflix inicia as gravações de “Temporada de Verão”

“O roteiro ficou pronto e foi para a Globo Filmes. Acharam muito interessante de fazer o seriado primeiro e o filme depois. Quando estávamos para fechar, entrou a pandemia e a coisa parou”, declarou ele para a apresentadora Daniela Albuquerque.

Ao relembrar histórias dos bastidores das gravações nessa época, Kadu revela que a maior parte do tempo não existia dublês, portanto os acidentes eram frequentes. “Me quebrei tanto. Já fui até atropelado em cena, pulei de helicóptero, caí do carro, perdi dois dentes. O mais grave deles foi o atropelamento, quebrei três costelas, podia ter até morrido nesse dia”.

Apaixonado por surf e pelo Havaí, Kadu Moliterno, hoje com 68 anos, tem três filhos, todos com nomes das ilhas do estado americano: Kauai, de 27 anos, Lanai, de 26, e Kenui, de 23. “O verdadeiro pai é aquele que se aproxima ao máximo do filho e conversa de igual para igual”, afirma, orgulhando-se da boa relação com os jovens.



O caçula, inclusive, recebeu todo o apoio do pai quando decidiu assumir sua homossexualidade. “Ele devia estar com medo e eu tirei isso dele. Disse: ‘Meu filho, você tem que ser feliz. Tenho orgulho de você e eu te amo de qualquer maneira’.”



A entrevista completa será exibida no Sensacional desta quinta-feira (17), às 22h45, na RedeTV!.