Lea Michele pede desculpa por acusação de racismo em “Glee”


© Instagram


Lea Michele foi acusada pela atriz Samantha Marie Ware de atitudes racistas que teriam transformado a experiência da colega nas filmagens de “Glee” em “um verdadeiro inferno”. A atriz pediu desculpas por seu comportamento no set da série.





VOCÊ VIU? José de Abreu descarta mágoa com a Globo e projeta carreira

Neymar é repreendido por Davi Lucca: “Ele só fala m*…!”

Miley Cyrus sai às ruas para protestar contra o racismo

Globo não renova contrato de Miguel Falabella

Em texto enviado à revista “People”, Michele revelou não se lembrar dos incidentes específicos apontados por Ware, mas afirmou que “este não é o ponto”. “O que importa é que eu agi de maneiras que machucaram outras pessoas”.

“Se isso aconteceu por causa da minha posição de privilégio ou por causa da minha imaturidade, eu peço desculpas pelo meu comportamento”, comentou. Ware acusou Michele de ameaçar “cagar na sua peruca”, além de “várias outras microagressões”.

Michele ainda disse que está no processo de amadurecimento, e que o caso foi útil para ela refletir sobre seus equívocos. “Em poucos meses, eu me tornarei mãe, e sei que preciso continuar trabalhando para melhorar e tomar responsabilidade pelos meus atos, a fim de ser exemplo para meu filho”, disse. “Eu ouvi as críticas que foram dirigidas a mim, e estou muito arrependida. Eu serei melhor no futuro por causa desta experiência”, completou.