“Mais Você” é acusado de racismo após ‘blackface’ em reality


  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © Divulgação/Gshow
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Daryan Dornelles/Divulgação/Playboy
  • © TV Globo
  • © Instagram
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © Divulgação/TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © Instagram
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo
  • © TV Globo


O quadro “Jogo de Panelas” já estreou no centro de uma polêmica, na manhã desta segunda-feira (12), no “Mais Você”, da TV Globo. Isso porque um dos integrantes do reality culinário resolveu pintar o rosto de preto e gerou uma série de críticas ao programa.

VOCÊ VIU? Globo não toma decisão sobre futuro de Jô Soares na TV

Tudo aconteceu quando o primeiro anfitrião da disputa, o barbeiro William, preparou um jantar com o tema de “Sexo Oposto” e se fantasiou de “Nega Maluca”, com direito a vestido rosa, peruca Black Power e tinta pelo corpo. A prática, conhecida como ‘blackface’, é considerada um ato racista, por banalizar a cor da pele dos negros e todo o histórico de lutas contra o preconceito.

Não demorou muito para internautas demonstrarem insatisfação com a sequência. “E o ‘blackface’ no ‘Mais Você’, hein, amadas? Quando vocês vão aprender que fantasia de ‘Nega Maluca’ é deveras desrespeitoso e racista? Só parem”, avaliou uma usuária do Twitter.

“O cara fazendo ‘blackface’ e tá todo mundo elogiando como se fosse nada”, criticou outro. “Tem uma pessoa fantasiada de ‘Nega Maluca’ no ‘Mais Você’. Ana Maria Braga é um convite à problematização”, completou uma terceira.

William ainda sugeriu que seus convidados também fossem vestidos de sexo oposto e justificou a decoração do ambiente – feita com corações, plumas e arco-íris – dizendo que “tudo que fala de diversidade traz alegria”.



Close sidebar