Mari Gonzalez revela motivo de sua saída do “Pânico”


  • © Youtube
  • © Divulgação
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © AgNews
  • © Instagram
  • © Flávia Alves /MF Models Assessoria
  • © Flávia Alves /MF Models Assessoria
  • © Flávia Alves /MF Models Assessoria
  • © Flávia Alves /MF Models Assessoria
  • © Flávia Alves /MF Models Assessoria
  • © Flávia Alves /MF Models Assessoria
  • © Flávia Alves /MF Models Assessoria
  • © Flávia Alves /MF Models Assessoria


Mari Gonzalez abriu o jogo e comentou sobre a sua saída do “Pânico na Band”, em seu canal no Youtube, nesta quinta-feira (3).

VOCÊ VIU? Afastado da Globo, José Mayer reaparece sorridente no Rio

Ticiana Villas Boas perde contrato com o SBT após polêmica

Justiça dá a Fontenelle direito à herança de Marcos Paulo

Leonardo diz que aceitou convite para trabalhar com Jacquin

A ex-Panicat, conhecida como Mari Baianinha, não estava se sentindo bem com a forma como o programa tratava as mulheres, exaltando apenas o corpo da assistentes de palco.

“Sempre defendi, eu adorava. Mas tinham algumas coisas que me incomodavam. Por exemplo, o jeito que eles usam a mulher, é muito corpo. E algumas brincadeiras às vezes a gente se machucava, nada muito grave e a gente aceitava também. Todas as mulheres que estão ali têm muito mais do que isso e não precisavam só fazer prova de biquíni. Pode mostrar o corpo, mas não precisa ser sempre”, desabafou.

Em contrapartida, a bela deixou claro que não saiu do programa brigada com os outros integrantes.

“Eu não tenho raiva de ninguém, de nada. Não teve nenhum problema sério. [Minha saída] foi do nada, uma coisa que ninguém esperava. Não foi pra ir pra outra TV, saí por mim, não estava mais me sentindo bem. Eu não estava mais feliz. Não estava sendo quem eu sou, não tinha liberdade de ser quem eu sou. Resumindo, eu não estava bem”, completou.



Close sidebar