Mari Gonzalez revela o sonho de ser apresentadora e repórter


© Acervo Pessoal


Apesar do confinamento no “Big Brother Brasil 20”, o fato de estar na TV e rodeada por câmeras já não era uma novidade para Mari Gonzalez. A influenciadora ficou conhecida por trabalhar como panicat no programa “Pânico” e já pensa em voltar para os estúdios. A baiana revelou que o seu objetivo é investir na carreira de repórter e apresentadora.





VOCÊ VIU? Najila e Prior dependem da Justiça para integrar “A Fazenda”

Babu Santana viverá um policial em “Salve-se Quem Puder”

Stênio Garcia desmente estar vivendo na “extrema pobreza”

Ex da mãe de Neymar Jr. promete processos por difamação

“Quero me dedicar para ser apresentadora e repórter. Também amo amo trabalhar com o humor. Estou aberta às oportunidades, gosto de desafios, e de me testar. Estou aqui pra jogo. Já trabalhei na TV e amava! A ideia é passar mais conteúdo, me posicionar mais, falar de temas mais importantes, falar mais o que eu penso”, contou ela, em entrevista para a “Quem”.

Enquanto estava no reality, Mari protagonizou muitos memes aqui fora, mas garantiu que sempre tentou ser ela mesma. “Eu falo as coisas de maneira séria, levando a sério. Eu não percebia que eu estava sendo meme. Eu não fazia pra fazer VT. Foi demais [risos]”, disse.

Por muitas vezes, a ex-BBB foi apontada como personagem neutro no jogo, mesmo assim conquistou uma legião de fãs aqui fora. “Teve um momento que Babu disse que parecia que eu queria agradar todo mundo. Não é isso. Aí fiquei mal e refleti. Estou sendo a Mari. O que importa é isso. Se eu sair sendo do meu jeito, vai ser assim: vou ouvir, entender o lado do outro. Se isso, pro lado do outro é agradar, que bom”, explicou.