MP investiga suposto comentário racista de apresentador da TV Alterosa


© TV Alterosa


O Ministério Público usou as redes sociais, nesta quinta-feira (11), para revelar que vai iniciar uma investigação para apurar as declarações feitas por Stanley Gusman, no “Alterosa Alerta”, na Alterosa TV, afiliada do SBT. O MP vai determinar se houve ou não racismo nas falas do apresentador.





VOCÊ VIU? Fontenelle chora ao ser reconhecida como herdeira de Marcos Paulo

Jornalista Paulo Henrique Amorim morre aos 77 anos

Luana Piovani concorda ao ler comentário detonando Anitta: “Foi ótimo”

“Sempre me excluem”, diz Marcos Mion sobre festas de Sandy e Júnior

“O MP-MG instaurou Procedimento Investigatório Criminal para apurar suposta prática de racismo por apresentador de programa da TV Alterosa veiculado em Minas Gerais. O Ministério Público já requisitou uma cópia do programa para apuração”, escreveu o órgão no Twitter.

Vale lembrar que durante o noticiário, na última terça-feira(9), Gusman conversava com o repórter Rafael Martins sobre Carlos Augusto Montenegro, presidente do Ibope. “O nome do cara é Montenegro, se ele fosse do bem, ia se chamar Montebranco”, disse ao vivo.

O jornalista, inclusive, decidiu pedir demissão da emissora após o ocorrido. “Constrangido”, disse no Instagram.