Paulo H. Amorim será homenageado pelo “Domingo Espetacular”


© Divulgação/Record


Paulo Henrique Amorim vai ser homenageado no “Domingo Espetacular”, da Record TV, no próximo fim de semana. O jornalista será destaque da atração da qual foi afastado há um mês.





VOCÊ VIU? Perlla descobre que ex-marido está namorando professora da filha

Fontenelle chora ao ser reconhecida como herdeira de Marcos Paulo

Luana Piovani concorda ao ler comentário detonando Anitta: “Foi ótimo”

Ex-bailarina do Faustão revela ter sofrido racismo nos bastidores

De acordo com “Uol”, vida e obrado apresentador serão tema da produção. Amigos de Amorim, como Mino Carta, e colegas de trabalho, como a apresentadora do Hoje em Dia, Renata Alves, foram entrevistados para dar depoimentos sobre o veterano.

Em junho deste ano, o profissional deixou o comando do dominical após 14 anos. A decisão seria devido ao posicionamento político do veterano. Amorim é abertamente de esquerda, e inclusive, um dos maiores críticos ao governo Bolsonaro e ao ministro Sérgio Moro.

Vale lembrar que Paulo Henrique morreu, aos 77 anos, na última quarta-feira (10), vítima de um infarto.

  • Paulo Henrique Amorim e Fábio Porchat © Divulgação

    Paulo Henrique Amorim conversou com Fábio Porchat e fez uma revelação inédita: o jornalista não se dá bem com Galvão Bueno. A rusga aconteceu durante a Olimpíada de Atlanta, em 1996, quando os dois trabalharam juntos. O veterano acusou o narrador de tentar tomar seu lugar

  • Paulo Henrique Amorim © Divulgação/Record

    Paulo Henrique Amorim foi condenado a indenizar em R$ 40 mil, por danos morais, o ministro do Superior Tribunal Federal Gilmar Mendes. O processo foi julgado na 8ª Vara Cível de Brasília, pelo juiz Leandro Borges de Figueiredo. O jornalista da Record precisou se explicar por causa de uma fotomontagem publicada em seu site, segundo o jornal “Folha de S.Paulo”. Na imagem, o magistrado aparece com roupas do exército nazista. O âncora se defendeu dizendo que as publicações feitas na página são caracterizadas como livre expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, prevista contitucionalmente. Vale lembrar que Amorim ainda pode recorrer da decisão

  • Paulo Henrique Amorim e Patricia Costa © Record

    Paulo Henrique Amorim gerou um climão nos bastidores do “Domingo Espetacular”, da Record. O motivo? O apresentador respondeu a um e-mail de boas-vindas a Patricia Costa, substituta de Janine Borba no dominical, dizendo que a jornalista titular do telejornal é insubstituível. A resposta do veterano circulou entre os profissionais da emissora e foi interpretada como “más-vindas”, segundo o “Notícias da TV”

  • Paulo Henrique Amorim © Divulgação/Record

    O desembargador Edison Brandão condenou Paulo Henrique Amorim a cinco meses e dez dias de prisão por ofender Ali Kamel em um post feito em seu blog, o “Conversa Afiada”. O relator do caso entendeu que a publicação feita pelo apresentador do “Domingo Espetacular”, da Record, é de “autêntica empreitada” contra a honra do diretor de jornalismo da Rede Globo, e a vontade de cometer o crime “salta nítido nos autos, ficando clara a intenção de macular a honra de Ali Kamel”. A decisão, contudo, ainda cabe recurso. Na ocasião, Paulo Henrique acusou Kamel de racismo pelo conteúdo do livro “Não Somos Racistas – Uma Reação aos que Querem nos Transformar numa Nação Bicolor”. O jornalista afirmou que o diretor da emissora carioca “engrossa as fileiras racistas dos que bloqueiam a integração e a ascensão dos negros” e o classificou no texto como “trevoso” – que significa ser uma pessoa horrível, medonha

  • Paulo Henrique Amorim © Divulgação

    Paulo Henrique Amorim, de 74 anos, é jornalista e âncora do programa “Domingo Espetacular”, da Record. Fora da TV o veterano também tem um polêmico blog, “Conversa Afiada”, onde fala de temas gerais e principalmente política