Programa de Tiago Leifert ganhará especial de fim de ano na Globo


© Divulgação/TV Globo


O “Zero1”, da TV Globo, comandado por Tiago Leifert, vai ganhar um especial de fim de ano na emissora carioca, previsto para ir ao ar no dia 15 de dezembro.





VOCÊ VIU? Clauda Raia relembra casamento com Alexandre Frota: “Insano”

Record exclui Luiz Bacci e Fabíola Reipert de programa especial

Thalita Carauta assume relacionamento com mulher e revela filho adotivo

Palmirinha agita web ao posar como princesa da Disney; veja!

Segundo o colunista Flávio Ricco, a atração, que passa nas noites de sábado, será exibida na faixa da tarde.

A direção do canal aposta muito no formato da produção, pois além de ser considerado simples de se desenvolver, é sucesso de audiência e faturamento.

Vale lembrar que além do “Zero1”, Leifert também apresenta o “Big Brother” e o “The Voice”, ambos da TV Globo.



  • © Instagram

    Tiago Leifert iniciou sua carreira no esporte aos 16 anos, no “Desafio ao Galo” – programa dedicado ao futebol de várzea. Em 2009, se tornou editor-chefe e apresentador do “Globo Esporte”. A partir de 2010, passou a comandar o “Central da Copa”. Já em 2017 se tornou o âncora do “Big Brother Brasil”, depois da saída de Pedro Bial da atração

  • © Instagram

    Tiago Leifert iniciou sua carreira no esporte aos 16 anos, no “Desafio ao Galo” – programa dedicado ao futebol de várzea. Em 2009, se tornou editor-chefe e apresentador do “Globo Esporte”. A partir de 2010, passou a comandar o “Central da Copa”. Já em 2017 se tornou o âncora do “Big Brother Brasil”, depois da saída de Pedro Bial da atração

  • © Instagram

    Tiago Leifert iniciou sua carreira no esporte aos 16 anos, no “Desafio ao Galo” – programa dedicado ao futebol de várzea. Em 2009, se tornou editor-chefe e apresentador do “Globo Esporte”. A partir de 2010, passou a comandar o “Central da Copa”. Já em 2017 se tornou o âncora do “Big Brother Brasil”, depois da saída de Pedro Bial da atração

  • © Instagram

    Tiago Leifert iniciou sua carreira no esporte aos 16 anos, no “Desafio ao Galo” – programa dedicado ao futebol de várzea. Em 2009, se tornou editor-chefe e apresentador do “Globo Esporte”. A partir de 2010, passou a comandar o “Central da Copa”. Já em 2017 se tornou o âncora do “Big Brother Brasil”, depois da saída de Pedro Bial da atração

  • © Instagram

    Tiago Leifert iniciou sua carreira no esporte aos 16 anos, no “Desafio ao Galo” – programa dedicado ao futebol de várzea. Em 2009, se tornou editor-chefe e apresentador do “Globo Esporte”. A partir de 2010, passou a comandar o “Central da Copa”. Já em 2017 se tornou o âncora do “Big Brother Brasil”, depois da saída de Pedro Bial da atração

  • © Instagram

    Tiago Leifert iniciou sua carreira no esporte aos 16 anos, no “Desafio ao Galo” – programa dedicado ao futebol de várzea. Em 2009, se tornou editor-chefe e apresentador do “Globo Esporte”. A partir de 2010, passou a comandar o “Central da Copa”. Já em 2017 se tornou o âncora do “Big Brother Brasil”, depois da saída de Pedro Bial da atração

  • © Instagram

    Tiago Leifert iniciou sua carreira no esporte aos 16 anos, no “Desafio ao Galo” – programa dedicado ao futebol de várzea. Em 2009, se tornou editor-chefe e apresentador do “Globo Esporte”. A partir de 2010, passou a comandar o “Central da Copa”. Já em 2017 se tornou o âncora do “Big Brother Brasil”, depois da saída de Pedro Bial da atração

  • © Instagram

    Tiago Leifert iniciou sua carreira no esporte aos 16 anos, no “Desafio ao Galo” – programa dedicado ao futebol de várzea. Em 2009, se tornou editor-chefe e apresentador do “Globo Esporte”. A partir de 2010, passou a comandar o “Central da Copa”. Já em 2017 se tornou o âncora do “Big Brother Brasil”, depois da saída de Pedro Bial da atração

  • © Instagram

    Tiago Leifert iniciou sua carreira no esporte aos 16 anos, no “Desafio ao Galo” – programa dedicado ao futebol de várzea. Em 2009, se tornou editor-chefe e apresentador do “Globo Esporte”. A partir de 2010, passou a comandar o “Central da Copa”. Já em 2017 se tornou o âncora do “Big Brother Brasil”, depois da saída de Pedro Bial da atração