Radialista é afastado após homofobia contra âncora do “JN”


© Instagram


Luiz Gama foi afastado de suas atividades na Rádio Band News de Goiânia, nesta segunda-feira (18). Isso porque o comentarista de esportes fez declarações homofóbicas contra Matheus Ribeiro, que foi o primeiro apresentador gay a aparecer na bancada do “JN”, na Globo.





VOCÊ VIU? Solteira, Paolla Oliveira está saindo com funcionário da Globo

Caio Castro sobre foto de Grazi Massafera: “Horrorosa”

Jornalista confirma mudança de Anitta para os EUA em 2020

Mariana Goldfarb nega ‘climão’ com Alinne Moraes: “Admiro”

“Onde o Brasil vai parar? Queimar a rosca agora é moda. Um apresentador de telejornal de qualidade média virou a bola da vez no jornalismo nacional só porque revelou que sua rosquinha está à disposição”, havia ironizado o profissional.

Obviamente, a declaração não pegou bem e Luiz Gama foi detonado pelos internautas, que chegaram a pedir boicote ao seu quadro na rádio. Marcos Villas Boas, da Band News, notificou o afastamento dele justificando que a emissora não manteria em seus quadros “quem não dança de acordo” com essas convicções.

Além disso, o advogado de Matheus Ribeiro, que poderá levar o caso à Justiça, também comentou o caso. “A vida particular e opções do Jornalista dizem respeito, tão somente, a ele próprio. Não é admissível, sob qualquer circunstância e pretexto, agressões gratuitas e vis como as que foram praticadas pelo radialista”, declarou.








Close sidebar