Record mantém exibição do “Canta Comigo” após morte de Gugu


© Divulgação/Record


Record TV confirmou a exibição da semifinal e da final do “Canta Comigo” mesmo após a morte do âncora do programa, Gugu Liberato. Os dois episódios estavam gravados e, segundo nota divulgada pela emissora, serão exibidos “em homenagem ao apresentador Gugu Liberato”. A semifinal irá ao ar na quarta-feira, 27/11, a partir das 23h. 





VOCÊ VIU? Rodrigo Bocardi discute com telespectador: “Piada é você” 

Globo faz acordo milionário para dispensar Izabella Camargo 

Fãs detonam equipe de Joelma em gravação de DVD: “Amadora” 

Felipe Neto doa mais de R$ 30 mil a seguidores 

 Oito candidatos da competição vão se apresentar com sucessos de Alejandro Sanz, Michael Jackson, Elba Ramalho e Queen para tentarem conquistar os 100 jurados do painel do programa.  

Gugu Liberato morreu, aos 60 anos, depois de sofrer um acidente doméstico em sua casa nos Estados Unidos. O corpo do apresentador foi liberado e a família aguarda autorização da funerária para fazer o translado para o Brasil. O velório deve acontecer na quinta-feira, 28/11, em São Paulo.  

  • © Record

    Nos anos 90, Gugu Liberato foi considerado um dos maiores apresentadores do país. À frente do “Domingo Legal”, no SBT, o veterano alcançou a liderança na audiência em diversas ocasiões, batendo a TV Globo. O artista estava na Record, no comando de realities, quando morreu, aos 60 anos de idade, após sofrer uma queda de mais de 4 metros em sua casa em Orlando, nos Estados Unidos

  • © Record

    Nos anos 90, Gugu Liberato foi considerado um dos maiores apresentadores do país. À frente do “Domingo Legal”, no SBT, o veterano alcançou a liderança na audiência em diversas ocasiões, batendo a TV Globo. O artista estava na Record, no comando de realities, quando morreu, aos 60 anos de idade, após sofrer uma queda de mais de 4 metros em sua casa em Orlando, nos Estados Unidos

  • © Record

    Nos anos 90, Gugu Liberato foi considerado um dos maiores apresentadores do país. À frente do “Domingo Legal”, no SBT, o veterano alcançou a liderança na audiência em diversas ocasiões, batendo a TV Globo. O artista estava na Record, no comando de realities, quando morreu, aos 60 anos de idade, após sofrer uma queda de mais de 4 metros em sua casa em Orlando, nos Estados Unidos

  • © Record

    Nos anos 90, Gugu Liberato foi considerado um dos maiores apresentadores do país. À frente do “Domingo Legal”, no SBT, o veterano alcançou a liderança na audiência em diversas ocasiões, batendo a TV Globo. O artista estava na Record, no comando de realities, quando morreu, aos 60 anos de idade, após sofrer uma queda de mais de 4 metros em sua casa em Orlando, nos Estados Unidos

  • © Record

    Nos anos 90, Gugu Liberato foi considerado um dos maiores apresentadores do país. À frente do “Domingo Legal”, no SBT, o veterano alcançou a liderança na audiência em diversas ocasiões, batendo a TV Globo. O artista estava na Record, no comando de realities, quando morreu, aos 60 anos de idade, após sofrer uma queda de mais de 4 metros em sua casa em Orlando, nos Estados Unidos

  • © Record

    Nos anos 90, Gugu Liberato foi considerado um dos maiores apresentadores do país. À frente do “Domingo Legal”, no SBT, o veterano alcançou a liderança na audiência em diversas ocasiões, batendo a TV Globo. O artista estava na Record, no comando de realities, quando morreu, aos 60 anos de idade, após sofrer uma queda de mais de 4 metros em sua casa em Orlando, nos Estados Unidos

  • © Record

    Nos anos 90, Gugu Liberato foi considerado um dos maiores apresentadores do país. À frente do “Domingo Legal”, no SBT, o veterano alcançou a liderança na audiência em diversas ocasiões, batendo a TV Globo. O artista estava na Record, no comando de realities, quando morreu, aos 60 anos de idade, após sofrer uma queda de mais de 4 metros em sua casa em Orlando, nos Estados Unidos

  • © Record

    Nos anos 90, Gugu Liberato foi considerado um dos maiores apresentadores do país. À frente do “Domingo Legal”, no SBT, o veterano alcançou a liderança na audiência em diversas ocasiões, batendo a TV Globo. O artista estava na Record, no comando de realities, quando morreu, aos 60 anos de idade, após sofrer uma queda de mais de 4 metros em sua casa em Orlando, nos Estados Unidos

  • © Record

    Nos anos 90, Gugu Liberato foi considerado um dos maiores apresentadores do país. À frente do “Domingo Legal”, no SBT, o veterano alcançou a liderança na audiência em diversas ocasiões, batendo a TV Globo. O artista estava na Record, no comando de realities, quando morreu, aos 60 anos de idade, após sofrer uma queda de mais de 4 metros em sua casa em Orlando, nos Estados Unidos

  • © Record

    Nos anos 90, Gugu Liberato foi considerado um dos maiores apresentadores do país. À frente do “Domingo Legal”, no SBT, o veterano alcançou a liderança na audiência em diversas ocasiões, batendo a TV Globo. O artista estava na Record, no comando de realities, quando morreu, aos 60 anos de idade, após sofrer uma queda de mais de 4 metros em sua casa em Orlando, nos Estados Unidos