Repórter é surpreendido por tiroteio ao vivo e tenta se esconder


© Reprodução


Philip Crowther, repórter da Associated Press GMS, levou um susto daqueles durante reportagem na cidade de Minneapolis, nos Estados Unidos, nesta terça-feira (25). Ao vivo para mostrar as homenagens a George Floyd, que foi morto na cidade há um ano, o jornalista foi surpreendido por um tiroteio.

LEIA TAMBÉM: Polícia acredita que MC Kevin caiu ao confundir varanda; entenda

Ana Maria leva dublê para estúdio e engana equipe do “Mais Você”

Ex de Gabriela Pugliesi, Erasmo Viana engata novo romance

Influenciadora toma ‘café de ouro’ de R$ 250

Ao perceber a movimentação das pessoas na área, tentando se abrigar em algum local seguro, o repórter pediu licença e também tentou se esconder.

Todo o ocorrido, porém, continuou sendo registrado pela câmera, que além dos transeuntes correndo ainda mostrou que mais tiros eram disparados.

Ao jornal “The Hill”, a polícia local afirmou que o suspeito de proferir os disparos fugiu em um carro em alta velocidade. As autoridades também revelaram que uma pessoa ficou feriada, mas foi rapidamente encaminhada a um hospital da região e não corre risco de perder a vida.

George Floyd, para quem não sabe, foi morto pelo policial Derek Chauvin, em Minneapolis, em 25 de maio de 2020. Na ocasião, o oficial ficou ajoelhado no pescoço da vítima, a quem ele estava prendendo, por mais de 9 minutos.

Assista ao momento em que os tiros foram disparados: