Roberto Justus anuncia data da nova edição de “O Aprendiz”


© Divulgação


O empresário e apresentador do “O Aprendiz” da TV Bandeirantes, Roberto Justus, concedeu uma entrevista nesta última terça-feira (2) ao “Programa Pânico”, da Rádio Jovem Pan. Ele revelou a data da nova temporada do programa, que voltará a ser exibido no dia 7 de setembro. O apresentador evitou dar muitos detalhes, mas disse que os expectadores podem esperar novidades.





VOCÊ VIU? Monica Iozzi revela que irmã mais nova está com coronavírus

Gretchen desabafa sobre críticas por mais um casamento

Nanda Costa lembra “Salve Jorge” e chora com Lombardi

“Gravação em 2021”, diz Walcyr sobre “Verdades Secretas”

“Vamos voltar de um jeito absolutamente inédito. Não posso falar tudo ainda porque a Band deve anunciar nos próximos dias. Mas vai ser um novo jeito. Até muito arriscado, estranho, diferente de fazer. Vamos ter muito mais interação com o público. Vai ser muito legal”, comentou.

O empresário aproveitou para criticar o governador de São Paulo, João Dória (PSDB), na gestão da pandemia de coronavírus. Para ele, as medidas de isolamento social, com rigoroso controle sobre o fechamento de setores econômicos, duraram mais do que o aceitável.

Justus mostrou estar mais alinhado ao discurso do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) buscando um equilíbrio entre as medidas preventivas à Covid-19 e o funcionamento da economia, embora acredite que o chefe do executivo também cometa erros.



“O Bolsonaro, infelizmente, não tem a habilidade para explicar o que ele quer dizer [sobre o fechamento de setores econômicos na pandemia]. Mas eu disse para o João Dória que, se eu fosse presidente, ele estaria em maus lençóis, porque eu explicaria um pouco melhor isso, de forma mais coerente mostraria o que deveria ser feito. E o Bolsonaro não pode ir no meio do público sem proteção, pegar criança no colo, ir em manifestação. Esse não é o exemplo”, afirmou.