“Amor”: Pai e filho, Raul e Sandro saem no soco em briga


© Divulgação/TV Globo


Sandro (Humberto Carrão) e Raul (Murilo Benício) mal sabem o que o destino lhes reserva em “Amor de Mãe”. Depois que Vitória (Taís Araujo) recebeu o resultado do DNA – que prova que ela é a mãe biológica de Sandro – , os dois nem fazem ideia de que são agora pai e filho. E o primeiro contato entre eles já começa de uma forma péssima: com uma briga no trânsito.

VOCÊ VIU? Marina Ruy Barbosa influencia nomes de bebês nascidos no ano

Fora da prisão, Rennan da Penha terá papel em “Amor de Mãe”

Diretor vai homenagear Jorge Fernando em nova novela das 7

“Mestre do Sabor” pode ganhar nova temporada em 2020

Os dois se conhecem no meio da rua e uma confusão se instaura no local. Raul vai ultrapassar uma encruzilhada e Sandro, que passa no exato momento, bate no carrão do empresário.

Alterado, Raul já desce do veículo irritado.

“Caceta! Era tudo o que eu precisava hoje… Você é cego por acaso?” , pergunta.

Sandro explica que estava na preferencial e fica nervoso ao perguntar como vai dar a notícia da batida para sua patroa, já que o carro é dela.

“Vai falar que você bateu no meu carro! Que inferno! Vou mandar minha secretária ligar pra polícia. Que número é esse aqui na rua?”, pergunta Raul.

Assim que ouve a palavra “polícia”, Sandro se desespera. Ele explica que está em uma condicional e implora para que o empresário não preste nenhuma queixa contra ele.

Com a proximidade entre os dois, o noivo de Érica (Nanda Costa) pede para que o rapaz não encoste um dedo nele e diz que vai ligar sim.

Ele pega o telefone do bolso e Sandro tenta tirar o celular de sua mão. Sem sucesso, o rapaz acaba dando um soco na cara do empresário.

Os dois se estranham e Raul grita: “Vou ligar para polícia, sim. Fica aí. Moleque!”.



Close sidebar