“Escrava Mãe”: Teresa e Almeida se mostram prontos para se casar


© Record


Juliana está assustada diante de Maria Isabel, que tem o vestido rasgado nas mãos. Sapião e Miguel entram na cozinha com tonéis de bebidas. Maria Isabel parece constrangida diante de Átila, ele a olha um pouco, até que sai, deixando Maria Isabel ali, atordoada. Custódio se vê na cama, muito debilitado. Tito Pardo pressiona um pano no braço de Custódio, enquanto dr. Pacheco examina a sangria que acabou foi feita.





Dr. Pacheco sai do quarto com a expressão grave. Beatrice, Teresa e Maria Isabel aguardavam na sala e se levantam com a chegada dele. Custódio está com os olhos fechados e tem uma expressão bem debilitada. Os quilombolas já alarmados ao ouvirem o barulho dos cavalos se aproximando, todos começam a correr, desesperados. Os homens de Osório descem dos cavalos e prendem os quilombolas. Almeida está vestido com sua roupa de noivo. Teresa está vestida de noiva e bastante emocionada diante de Juliana.

Maria Isabel olha para Miguel, que sorri, um tanto envergonhado e já se surpreende com algo que vê na entrada da capela. Alguns escravos começam a tocar seus instrumentos e todos os convidados se levantam, olhando para a entrada da capela. Quando Maria Isabel se vira para olhar, ela vê Juliana entrando, belamente vestida, de mãos dadas com uns molecotes que jogam pétalas de rosas no caminho por onde a noiva passará.






Close sidebar